O Tempo Não Para: Com as contas bloqueadas, Dom Sabino se propõe a ajudar Samuca

Publicado há 2 anos
Por Clara Ribeiro
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Nos próximos capítulos de O Tempo Não Para, Dom Sabino (Edson Celulari) ficará assustado com o fato de Samuca (Nicolas Prattes) ter todas as suas contas bloqueadas pela justiça.

Mas o pai de Marocas (Juliana Paiva), irá ajudar o seu genro. “Nós já soubemos o que houve, Samuca… Que horror bloquearem as suas contas!”, acrescentará Carmen (Christiane Torloni), meio que inconsolável.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

“Fique tranquilo, meu genro… Nada vai lhe faltar enquanto essa situação perdurar”, concluirá o magnata do século 19, se prontificando a ajudar o genro.

“Nada mesmo”, acrescentará Carmen. “Somos uma só família!”, pontuará Dom Sabino, com emoção na fala.

Leia mais: O Tempo Não Para: Vera Lúcia esconde Amadeu no cortiço

Uma grande confusão

Samuca agradecerá a preocupação de Carmen e de Dom Sabino em relação ao fato dele ter ‘perdido’ tudo.

“Obrigado, mãe, meu sogro… Sei que posso contar com vocês”, sentenciará o jovem. “É para isso que serve uma família de verdade… Todos sempre a postos para ajudar”, acrescentará Marocas, com lágrimas nos olhos.

“Agora, meu bom Samuel… Por favor, convença a turrona da sua mãe a repousar”, dirá Dom Sabino, se referindo a (falsa) gravidez da amada.

O jovem casal não se meterá na confusão de Carmen e Dom Sabino. “De novo essa história?”, acrescentará Carmen, sem paciência.

“Por quem é! Você está esperando uma criança, Carmen! Precisa de quietude e tranquilidade!”, acrescentará Dom Sabino.

Mas Carmen não deixará barato. “Seu chato de galocha!”, finalizará a mulher desse século.

Leia mais: O Tempo Não Para: Samuca fica pobre novamente: “Não pode ser!”

O Tempo Não Para é uma novela escrita por Mario Teixeira, com colaboração de Bíbi Da Pieve, Marcos Lazarini e Tarcísio Lara Puiati, com direção artística de Leonardo Nogueira e direção geral de Marcelo Travesso e Adriano Melo.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio