O Tempo Não Para: Cecílio descobre dinheiro dentro de um colchão velho

Publicado há 2 anos
Por Henrique Carlos
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Nos próximos capítulos de O Tempo Não Para, Cecílio (Maicon Rodrigues) enfim descobrirá que dorme em cima de milhares de reais. A princípio, ele não sabe, mas o seu colchão era o esconderijo de Teófilo (Kiko Mascarenhas), para guardar os ‘cobres’ desviados de Barão (Rui Ricardo Dias). A descoberta acontecerá quando o jovem estiver conversando com Menelau (David Junior), e presenciará uma nota sair de dentro do colchão.

“Aonde ocê tava, Cecílio? Já tá tarde”, assim dirá Menelau ao amigo. “Tô seguindo adiante com meus plano, Menelau… Fui atrás de tudo que é catador da Freguesia. Falei com cada um. Eu sei que se a gente se ajuntar, vamos fazer muito mais por essa cidade. Fazer o bem e ainda ter mais lucro”, relatará o jovem do século retrasado logo depois, pensando em empreender nesse século. “Isso é bom demais”, dirá Menelau. “Mas já sei que preciso de uns cobres pra começar… Pra organizar os catador tudo”, dirá Cecílio, mas sem esperança. “Vai dá tudo certo. Cê tá batalhando pra isso… Deus há de prover!”, concluirá o futuro modelo internacional.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Leia também: Após pedido inusitado de Lúcio, Betina recorre a Mariacarla

Colchão milagroso…

Cecílio deitará no colchão e logo depois uma nota saltará de lá. Menelau presenciará o fato. “Olha aí… Deixou cair dinheiro, Cecílio”, dirá Menelau, entregando a cédula posteriormente para o amigo. “Deixei não… que eu tô sem um vintém no bolso”, acrescentará o ‘filho’ bastardo de Dom Sabino (Edson Celulari). Cecílio abaixará, e imediatamente verá o colchão cheio de dinheiro. “Mais o que é isso daqui?”, indagará o jovem. “Homessa! Teu colchão tá forrado nos cobre!”, finalizará Menelau. Na tensão dos dois…

O Tempo Não Para é uma novela escrita por Mario Teixeira, com colaboração de Bíbi Da Pieve, Marcos Lazarini e Tarcísio Lara Puiati, com direção artística de Leonardo Nogueira e direção geral de Marcelo Travesso e Adriano Melo.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio