O Tempo Não Para: Bento passa mal ao rever Marocas

Publicado há 2 anos
Por João Paulo Reis
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Nos próximos capítulos de O Tempo Não Para, Marocas (Juliana Paiva) ficará em choque quando reencontrar Bento (Bruno Montaleone) nesse século. Ela estará conversando com seu pai na pensão de Coronela (Solange Couto) quando avistará o quase esposo. “O que foi? Minha filha, está passando mal? Decerto é uma febre repentina… isso explicaria o seu comportamento desabusado”, dirá Dom Sabino (Edson Celulari), que será interrompido com Marocas chamando pelo nome do ‘congelado’ galanteador.

Dom Sabino questionará quando ele despertou nesse século. “Há pouco tempo. Então é verdade… vocês estão vivos?!”, confessará o jovem. Por conta da emoção, Bento se sentirá mal e revelará para os amigos que ainda está descobrindo o novo mundo. “Então… é verdade… ficamos congelados por mais de 100 anos!”, indagará Bento. Dom Sabino o responderá em seguida. “132. Foi em 1886, estamos em no ano da graça de 2018. Além de fracote, não sabe fazer contas!”, implicará Sabino. Marocas sentirá pena do jovem.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Leia também: Simaria relembra topless nas Ilhas Maldivas

“Pai, tenha piedade… o infeliz está confuso… Pense em como se sentiu ao despertar”, pontuará a jovem. O patriarca da família Sabino dirá que abriu os olhos e começou a viver. “Eu abri os olhos e recomecei a viver”, dirá um Sabino debochado. “Nem todo mundo tem a sua presença de espírito, meu pai”, pontuará Marocas.

Em O Tempo Não Para, Dom Sabino pede que Marocas fique longe de Bento

Dom Sabino pedirá Marocas para ficar longe do sedutor barato. “Marocas, não defenda esse sedutor barato! Esqueceu que ele foi o causador de sua desdita? Foi ele o culpado do escândalo!… Bento, recupere-se logo, por favor, para que eu possa lhe dar uma coça daquelas… com 132 anos de atraso!”, concluirá Dom Sabino; aos risos. O Tempo Não Para é uma novela escrita por Mario Teixeira, com colaboração de Bíbi Da Pieve, Marcos Lazarini e Tarcísio Lara Puiati, com direção artística de Leonardo Nogueira e direção geral de Marcelo Travesso e Adriano Melo.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio