O Tempo Não Para: Barão esconde a carroça de Eliseu: “Você não vai mais puxar carroça na rua”

Publicado há 2 anos
Por Renan Vieira
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Nos próximos capítulos de O Tempo Não Para, o público vai perceber que existe uma certa magoa entre Barão (Rui Ricardo Dias) e Eliseu (Milton Gonçalves), filho e pai respectivamente. O embate entre os dois acontecerá após o todo poderoso da ‘quebrada’, esconder a carroça de Eliseu, instrumento de trabalho de seu pai. Eliseu questionará o paradeiro de sua carroça, Barão se esquivará.

“Primeiramente, bom dia. O senhor não dormiu comigo. Faz quase vinte anos que eu não tenho mais um lar. Claro, o velho me expulsou de casa quando eu era moleque”, dirá. Eliseu não fugirá da provocação do filho problemático. “Minha casa tá sempre aberta, Adan. Desde que você arrume um emprego, tenha responsabilidade… Vire um homem de bem”, sinalizará o velho homem.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Veja também: Dom Sabino brigará por suas terras na Freguesia do Ó, em O Tempo Não Para, na Globo

Mesmo quase cedendo para o filho, Eliseu fará questão de saber onde está escondida a sua carroça. “Eu não sou vagabundo”, dirá Barão, Mas Eliseu questionará o filho mais uma vez. “A minha carroça”, pedirá.

Eliseu não concorda com o filho

Eliseu dirá para o filho que não gosta nem um pouco do caminho torto que ele seguiu. “Gente como você cresce à margem da lei, onde o poder público não funciona”, dirá o sábio homem. Barão ficará furioso com o pai e dirá que não devolverá a carroça para ele. “A carrocinha tava abandonada. Não tinha placa nem documento. Tava na rua, eu achei, agora é minha. Você não vai mais puxar carroça na rua. Meu pai não é um jumento”, finalizará o filho. Eliseu ficará revoltado com o posicionamento do ‘filho problema’.

Escrita por Mario Teixeira e com direção artística de Leonardo Nogueira, a próxima novela das 7, O Tempo Não Para, está prevista para estrear em julho. A trama conta com colaboração de Bíbi Da Pieve e Tarcísio Lara Puiati, e direção-geral de Marcelo Travesso e Adriano Melo.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio