O Tempo Não Para: Após Samuca deixar a presidência da Samvita, funcionários cogitam entrar em greve

Publicado há 2 anos
Por Henrique Carlos
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Nos próximos capítulos de O Tempo Não Para, Samuca (Nicolas Prattes) revelará para os funcionários da empresa que fundou, que foi afastado da presidência. Inconsolados, alguns funcionários cogitarão entrar em greve. “É isso, pessoal, eu disse a vocês que viriam tempos difíceis. A decisão do conselho foi tomada, e a gente tem que acatar”, revelará Samuca, deixando a empresa. “Desculpe, Samuca, mas isso não tá certo”, dirá Nat. “A Vanda foi bem clara. O conselho é soberano nesse caso”, pontuará o jovem, meio que desolado.

Leia também: Marocas pede demissão da Samvita, deixando Samuca arrasado

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Greve geral…

Nat dará uma ideia de entrar em greve. Já que Samuca sempre foi a alma da empresa. “É isso! A gente vai fazer uma greve geral! A Samvita só volta a funcionar quando você voltar à presidência!”, relatará a jovem. Mas Samuca acalmará o ânimo dos funcionários. “Gente, por favor! Nat, eu agradeço o apoio, mas não é assim que vocês vão resolver as coisas. Se a Samvita parar numa situação de crise, aí mesmo é que pode afundar e levar junto as outras empresas do grupo. Só aqui, a gente tem quase quinhentos funcionários, e as famílias dependem do trabalho deles. A Samvita depende de vocês… Vamos ter responsabilidade e reagir com calma”, sentenciará o jovem.

Samuca revelará para os funcionários que o grande defeito dele sempre foi ser persistente. “Meu pior defeito é que eu sou cabeça-dura. Persistente e tudo isso faz com que eu não desista nunca”, finalizará o ex presente da Samvita.

Leia também: Autor homenageia Eva Wilma em sua última cena em O Tempo Não Para

O Tempo Não Para é uma novela escrita por Mario Teixeira, com colaboração de Bíbi Da Pieve, Marcos Lazarini e Tarcísio Lara Puiati, com direção artística de Leonardo Nogueira e direção geral de Marcelo Travesso e Adriano Melo.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio