O Tempo Não Para: Após deixar a prisão, Barão descobre que Coronela falsificou o teste de DNA: “Samuca não é o pai”

Publicado há 2 anos
Por Redação
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Nos próximos capítulos de O Tempo Não Para, Barão (Rui Ricardo Dias) deixará a prisão, com uma condição: usar uma tornozeleira eletrônica, e viver na casa de Eliseu (Milton Gonçalves). Mas o malandro conseguirá se livrar da tornozeleira; e irá à casa de Betina (Cleo), já que ele descobriu que Coronela (Solange Couto), falsificou o teste de DNA, de sua filha, Waleska (Carol Castro). O malandro venderá a informação para Betina. “Barão?… Cê não tava em prisão domiciliar?”, dirá Betina, ao ver Barão. “E você não tava numa casa de doido?”, sentenciará Barão, se referindo à internação dela. “Olha só… Se você veio aqui pra encher a minha paciência, tchau!”, pedirá Betina, sem paciência.

Leia: O Tempo Não Para: resumo do capítulo de quarta-feira, 24 de outubro de 2018

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O filho de Waleska não é de Samuca em O Tempo Não Para

Barão revelará à jovem, que tem o teste de DNA, de Waleska, original – o que ela mostrou a Samuca (Nicolas Prattes), é falso. “Calma, gata… Acho que cê vai gostar disso…Isso vale muito. Fiquei um tempo fora de ação, preciso me capitalizar de novo”, dirá Barão, mostrando o envelope com o teste de DNA, e pedindo grana a Betina, que entregará um maço de dinheiro para ele, que seguirá o seu rumo. “Teste de DNA… Waleska Tibério Souto. O filho da Waleska não é do Samuca”, dirá Betina, para Igor (Leo Bahia), que estará ali por perto. “Agora, quem é esse cara aqui? Mateus Gonzaga… Ele é o verdadeiro pai do bebê da Waleska”, concluirá Betina, que irá atrás de Mateus (Raphael Vaianna), para confrontar ele e sair como salvadora da pátria, nessa história.

Leia: O Tempo Não Para: Após ‘congelar’ Amadeu, Emílio toma posse de seus bens

O Tempo Não Para é uma novela escrita por Mario Teixeira, com colaboração de Bíbi Da Pieve, Marcos Lazarini e Tarcísio Lara Puiati, com direção artística de Leonardo Nogueira e direção geral de Marcelo Travesso e Adriano Melo.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio