O Tempo Não Para: Após Carmen reencontrar Livaldo, Samuca se sentirá culpado

Publicado há 2 anos
Por Henrique Carlos
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Nos próximos capítulos de O Tempo Não Para, Samuca (Nicolas Prattes) se sentirá culpado, após Carmen (Christiane Torloni) reencontrar Livaldo (Nelson Freitas), seu pai biológico. Afinal, sua vontade de reencontrar o seu pai fez sua mãe relembrar de antigas feridas (ainda abertas). Já que no passado, o malandro abandou ela, com um bebê de colo. “Mãe… Tá tudo bem com você?”, perguntará Samuca.

“Tá… Tô com a cabeça no trabalho, só isso”, concluirá Carmen, mas tentando disfarçar a tensão de ter falado com Livaldo. “Cê não sabe mentir, muito menos pra mim…Mãe, eu sei que esse meu desejo de reencontrar o meu pai tá trazendo muita coisa do passado que você não queria lembrar… E eu sinto muito por isso”, relatará Samuel, com preocupação.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Leia também: Betina encomenda veneno para matar Marocas: “Se quer as coisas bem feitas, faça você mesma”

Amor de mãe e filho

Carmen relatará que nada que está acontecendo é culpa dele. E sim, tudo faz parte da história dos dois. “Samuca, nada disso é culpa sua”, relatará a empresária, segurando a mão de seu primogênito. “Se não fosse por mim, você não ia mexer nessas memórias”, acrescentará Samuca, emocionado.

“Se não fosse por você, eu não teria lutado como eu lutei, conquistado o que eu conquistei… me tornado quem eu sou. Você é quem me dá força pra fazer o que tem que ser feito, mesmo quando eu tô sem coragem. E os fantasmas devem ser enfrentados, filho”, finalizará Carmen, que abraçará Samuca logo em seguida. No abraço fraterno dos dois. O reencontro de pai e filho promete. Já que Livaldo, aparecerá para o filho, vestido de mulher.

O Tempo Não Para é uma novela escrita por Mario Teixeira, com colaboração de Bíbi Da Pieve, Marcos Lazarini e Tarcísio Lara Puiati, com direção artística de Leonardo Nogueira e direção geral de Marcelo Travesso e Adriano Melo.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio