O Tempo Não Para: Amadeu desiste de doar meio bilhão de reais para a Fundação Vita 

Publicado há 2 anos
Por Henrique Carlos
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Nos próximos capítulos de O Tempo Não Para, Amadeu (Luiz Fernando Guimarães) irá a Samvita se reencontrar com Samuca (Nicolas Prattes) para lhe dar uma péssima notícia: ele não doará mais boa parte de sua fortuna para a Fundação Vita. “Eu pretendia fazer uma doação de meio bilhão de reais para a Fundação Vita… Uma boa quantia, para que você administrasse esses recursos, investisse os dividendos em pesquisas, em tecnologia… em causas humanitárias”, relatará o empresário egocêntrico, lembro do atraso em relação a reunião com Amadeu, justo no dia em que Samuca encontrou o seu amor, Marocas (Juliana Paiva).

“Amadeu… aconteceu muita coisa nas últimas semanas… Mas agora eu tô aqui, vou ficar mais presente”, confessará Samuel, querendo consertar as coisas. “Agora é tarde, Samuca. Eu não tenho tempo para esperar. Vim pessoalmente, para cancelar a minha oferta”, revelará o moribundo.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Leia também: Caio Blat posa com Luisa Arraes e faz declaração de amor

Sem Volta?

Samuca o questionará se a Fundação Vita terá uma segunda chance em relação a doação. “É a sua última palavra?”, perguntará o filho de Carmen. “A última palavra foi sua, quando desapareceu,

faltou a duas reuniões seguidas comigo. Me deixou esperando, a mim, à minha equipe… Foi mais do que descortês, foi inconsequente… Mas enfim, são os tempos. Quando eu tinha sua idade, um compromisso era uma promessa. A essa altura da minha vida, meu caro Samuca, só tenho certeza de uma coisa: não sei de nada”, concluirá um Amadeu sem coração, deixando a sala de reuniões. Samuca ficará frustrado.

Leia também: Lalá tenta se reaproximar de Carmen

O Tempo Não Para é uma novela escrita por Mario Teixeira, com colaboração de Bíbi Da Pieve, Marcos Lazarini e Tarcísio Lara Puiati, com direção artística de Leonardo Nogueira e direção geral de Marcelo Travesso e Adriano Melo.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio