O Sétimo Guardião: Valentina consegue vídeo de Marilda pelada e chantageia a irmã: “Vai ter que me dar o que eu quiser”

Publicado há 2 anos
Por Guilherme Rodrigues
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

No capítulo desta segunda-feira (3) de O Sétimo Guardião, o vídeo de Marilda (Letícia Spiller) andando pelada pelas ruas de Serro Azul cairá nas mãos de Valentina (Lilia Cabral), que decidirá usar o material contra a irmã.

Leia: O Sétimo Guardião: Valentina arma para Luz ser considerada criminosa

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

“Pra não ver este vídeo divulgado, minha irmãzinha vai ter que me dar o que eu quiser”, ameaçará a mãe de Gabriel (Bruno Gagliasso). Sem saída e desesperada, a primeira-dama questionará o que a malvada quer.

Saiba mais: O Sétimo Guardião: resumo dos capítulos de 03 a 08 de dezembro de 2018

“Porque é tão mais jovem que sua idade real. E se isso tudo tem a ver com alguma coisa nesta casa”, falará Valentina. Sem saída, Marilda acabará contando sobre a fonte milagrosa e a passagem que possui dentro da casa para chegar até o local.

O Sétimo Guardião: Luz fica tonta após dar abraço na mãe

Nos próximos capítulos de O Sétimo Guardião, Clotilde (Adriana Lessa) convidará a família de Sóstenes (Marcos Caruso) para um jantar que será preparado por Firmina (Guida Vianna).

Neide (Viviane Araújo) estará presente e ao final da refeição, se despedirá de Luz (Marina Ruy Barbosa) com um abraço. “Foi bom te conhecer um pouco mais, Luz”, falará a cabeleireira.

“Digo o mesmo, Neide. Boa noite”, concordará a ruiva, que ficará tonta após o abraço e quase cairá no chão. “Está sentindo alguma coisa?”, perguntará a mãe da jovem. “Só uma tonteira. Fiquem tranquilos. Obrigada por tudo, mais uma vez”, responderá Luz.

Após a cena, Firmina ficará intrigada e questionará Neide, que afirmará que a jovem exagerou no vinho. “Mas só passou mal depois de te abraçar”, observará a cozinheira. “Mas não por minha causa“, rebaterá a cabeleireira.

“Achei aquilo muito estranho. Ela já tinha chegado perto de você alguma vez?”, insistirá Firmina. “Em Serro Azul todo mundo se conhece. Eu e Luz nos cruzamos na rua de vez em quando. Mas nesta cidade eu sou íntima só do trabalho. Por isso, vou deitar. O dia foi cheio e amanhã eu tenho que ir trabalhar logo cedo”, concluirá Neide.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio