O Sétimo Guardião: Tudo sobre a cena do gato Leon na Avenida Paulista

Publicado há 2 anos
Por Cadu Safner
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O gato Leon será a grande atração da novela O Sétimo Guardião, o próximo folhetim das 9. Escrita por Aguinaldo Silva, a trama marca o retorno do autor ao realismo fantástico. As primeiras gravações da novela começaram movimentando a cidade de São Paulo.

A Avenida Paulista foi um dos locais que recebeu a equipe e serviu de cenário para o astro da novela, o gato Leon. O Observatório da Televisão revela para você, leitor, como será o desenrolar da trama nas cenas gravadas em uma das avenidas mais populares do mundo. Confira:

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Veja também: O Sétimo Guardião: Conheça Luz da Lua, uma estranha visada pelos moradores de Serro Azul

O gato atravessa a Avenida Paulista

Gabriel Marsalla (Bruno Gagliasso), o herói da trama, está em São Paulo prestes a se casar. E é voltando da academia, no dia do seu casamento que ele tem, em plena Avenida Paulista, o primeiro contato com Leon. O gato místico. Ele vê quando o animal atravessa a avenida – no sinal! -, para um instante a olhar para ele e depois vai embora. Para reaparecer pouco depois diante dele em cima de sua cama.

De onde Leon veio?

Mas esperem aí: Leon não vive numa cidade que fica na fronteira montanhosa de Minas com São Paulo, a mais de duas centenas de quilômetros da Avenida Paulista e do apartamento da família Marsalla? Sim, vive. Mas O Sétimo Guardião começa justamente quando se descobre em Serro Azul que Leon fugiu mais uma vez. O que provoca grande comoção entre os sete guardiões. Pois sempre que o gato de Egídio foge eles sabem “o que vai acontecer”.

Aguinaldo Silva ainda não revela o que pode acontecer de tão importante quando Leon foge de casa

Gabriel, então, mais tarde, encontra Leon deitado em sua cama. Antes, porém, nos ocupemos com um pequeno mais importante detalhe. Ao se desnudar para o banho Gabriel revela aos nossos olhos curiosos um sinal avermelhado que tem nas costas, na altura do ombro direito e que lembra claramente a marca de uma pata… de gato. É um sinal de nascença ao qual, por não ser tão visível, nunca deu maior importância.

Leon pula dez andares abaixo

Então, de volta à cena: Gabriel sai do banheiro e vê o gato, a olhar para ele, calmamente deitado à sua cama. O rapaz se aproxima do animal e nota que, no pelo negro dele, existe em branco a mesmíssima marca que ele tem nas costas. Impressionado, Gabriel estende a mão, toca na marca no pelo do gato, e nessa hora tem visões de um lugar no qual nunca esteve – Serro Azul – e também dos seus moradores: Luz, Egídio, o mendigo Feliciano Pataxó, além de um longo corredor subterrâneo do fim do qual vem o barulho de uma fonte jorrar… Visões essas que vão selar o seu destino.

Gabriel desmaia. Leon levanta da cama, caminha até a janela e pula… E é visto a ir embora na rua dez andares abaixo.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio