O Sétimo Guardião: Stefânia se decepciona com decisão de Guilherme

Publicado há 2 anos
Por Renan Vieira
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Em O Sétimo Guardião, na Globo, Stefânia (Carol Duarte) estava certa de que Guilherme (Caio Manhente) iria voltar para casa. A estratégia era um blefe ao obrigar o rapaz a trabalhar como garçom ou ser mandado para um colégio para padres. Mas, para a surpresa de todos, ele vai aceitar o emprego, com o apoio de Mirtes (Elizabeth Savalla). Confira.

“Não acredito! Deu tudo errado. Aconteceu o contrário do que a gente planejou…”, admitirá Stefânica. “Guilherme prefere servir os outros do que morar comigo, Stefânia…”, falará João Inácio (Paulo Vilhena). “Você sabe que o problema não é você, sou eu”. “Para mim, você foi mais do que uma solução. Foi uma dádiva”.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Veja também: Ondina e Milu acreditam que Eurico traiu irmandade, em O Sétimo Guardião, na Globo

“Mas por culpa minha, Guilherme continua lá, na casa da avó…”. “Erramos na estratégia. Stella e Aranha foram parceiros, mas focaram mais no emprego do que na volta do meu filho pra casa”. “Procura entender os dois. Acharam que pressionando Guilherme iam ajudar”. “Ao menos agora ele vai ter uma ocupação…”, minimizará João Inácio. “É… Resta saber por quanto tempo ele vai aguentar dar duro no restaurante”, concluirá Stefânia.

Ainda em O Sétimo Guardião

Em O Sétimo Guardião, Marilda (Letícia Spiller) estava desesperada por um pouco da água milagrosa. Ela usa o líquido para se manter jovem. No entanto, não conseguiu esperar Valentina (Lilia Cabral) lhe dar um pouco. Com isso, entrou na casa de sua irmã, foi ao lavabo e entrou no túnel, com destino à fonte. A empresária, sabendo da ação da primeira-dama, dará um jeito de prendê-la, já que o túnel tem o outro lado também bloqueado. Confira.

“Me tirem daqui, por favor… Vou morrer sufocada!!! Socorro!!!”, clamará Marilda. Neste momento, depois de se divertir bastante, Valentina entrará, desbloqueará a saída e a loira sairá do buraco. “Ouvi barulho e pensei: deve ser uma ratazana. Só não imaginei que ela fosse tão grande… E tão loura”, falará a vilã, de um jeito bem calmo.

“Já expliquei porque fiz isso! Minha juventude está se esvaindo, estou craquelando toda, me desmanchando em rugas!”. “E eu estou solidária com você… Mas não posso fazer nada”. “Não tem um pouco da água pra me dar?”. “Nada. Nem uma gota. O que eu tinha foi pra análise em São Paulo. E o vidro que você deixou na minha casa já deve ter ido pro lixo”.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregar mais