O Sétimo Guardião: Sampaio enterra Gabriel vivo e tenta usurpar seu lugar como guardião

Publicado há 2 anos
Por Cadu Safner
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A Rede Globo se prepara para colocar no ar a sua mais nova novela das 9, O Sétimo Guardião. O folhetim escrito por Aguinaldo Silva marca o retorno do autor para o realismo fantástico. No elenco da trama, nomes como Marina Ruy Barbosa, Bruno Gagliasso, Lilia Cabral e Marcelo Novaes. Este último dará vida ao capanga Sampaio. Saiba mais sobre ele:

Veja também: O Sétimo Guardião: Após tragédia, Valentina Marsalla resolve voltar para Serro Azul; saiba tudo

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Sampaio é mau porque se especializou em fazer o mal e nunca teve problemas de consciência quanto a isso. Também não teria problemas se fizesse o bem. Mas ninguém nunca lhe pediu que o fizesse. E, para falar a verdade, acha que praticar o bem seria muito chato.

Sampaio já tinha toda um histórico de maldades quando foi contratado por Valentina e logo se apaixonou ela

Aliás, a palavra “paixão” foi usada impropriamente – o que ele sente é um desejo quase irrefreável de possuí-la. E um milhão de vezes mais tê-la de novo. Nos primeiros tempos achou que a crescente proximidade entre os dois faria ela cair em seus braços. Mas, com o tempo, concluiu que isso só aconteceria se ele se tornasse seu igual, ou seja, se deixasse de ser um subalterno dela, um mero empregado.

Para Valentina, os que estão abaixo dela na escala social não deviam perder tempo com sentimentos, e nem mesmo com sexo. Assim, enquanto continuava fiel a ela, Sampaio pensava num jeito de enriquecer sem ter que dar um golpe na patroa a quem venera e a quem nunca faria mal. Mas até agora não tivera sucesso. Até aquele dia em que Gabriel, antes de morrer, lhe fala da tal fortuna, que estaria ali, a apenas 25 quilômetros, em Serro Azul.

A chegada do forasteiro à cidade chama a atenção dos sub-guardiões

Ainda mais porque, perguntado, ele não diz a que veio. Numa reunião secreta, chegam à conclusão que ele pode ser, sim, o novo guardião mor, e resolvem submetê-lo à avaliação de Egídio. Interrogado, por este, Sampaio repete as palavras que Gabriel lhe disse antes de morrer como se fossem dele próprio: alguma coisa, que não consegue descobrir o que é, o levou até ali.

Assim, por conta de uma série de coincidências e também por causa das meias palavras de Sampaio, Egídio acaba por se convencer que o forasteiro é o novo guardião da fonte. Mas este segredo não lhe é ainda revelado: é preciso treiná-lo para o honroso cargo que vai ocupar.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio