O Sétimo Guardião: Padre Ramiro tenta convencer Feliciano a voltar para a Irmandade

Publicado há 2 anos
Por Renan Vieira
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Em O Sétimo Guardião, na Globo, Feliciano (Leopoldo Pacheco) surtará e pedirá para deixar a Irmandade por um período. O amor que sente por Valentina (Lilia Cabral) e divergências com Gabriel (Bruno Gagliasso) serão os principais motivos. Mas a falta dele vai ser muito sentida por todos. Com isso, o padre Ramiro (Aílton Graça) vai tentar convencer ele a voltar. Confira.

“Como você está, meu amigo? Agora deu de sumir toda hora… Estava todo mundo preocupado”, falará Ramiro. “Eu também estou preocupado com tudo que está acontecendo”, admitirá Feliciano. “Não tem chance de se entender com Gabriel? A irmandade precisa de você…”. “Sabe que não concordo com os métodos dele. Não ouve os guardiães, é autoritário…”.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Veja também: Após ser apontado como assediador, Fabim procura Marilda, em O Sétimo Guardião, na Globo

“Quando Gabriel me convidou para assumir a vaga de Eurico como guardião, sabe por que aceitei?”. “Me diga…”. “Pela fé! Eu me senti dividido entre o amor que tenho pela igreja e a fé em Deus. Ao entrar na fonte, senti a presença Dele. Voltei pra igreja e fiquei pensando muito, exatamente como você”.

Ainda nesta cena de O Sétimo Guardião

“A diferença é que o padre pensou muito antes de entrar na irmandade e eu fiz o mesmo pra sair dela. Como chegou a uma conclusão?”. “Através da Bíblia”, responderá o padre. “Padre, eu sou índio… Mesmo que de araque…”. “Sou padre e aceitei um milagre fora da igreja. Aceitei ser escolhido como um apóstolo. Tem na bíblia o relato sobre o tanque de Betesda, local que continha águas milagrosas, capazes de curar qualquer tipo de enfermidade e que era protegido por um anjo”.

“Gabriel, apesar do nome, tá longe de ser anjo!”. “Esqueça o Gabriel. É na fonte que você deve se concentrar. Essa é a mensagem. Estive dividido pelo meu amor à igreja, do mesmo modo que você está dividido pelo amor que sente pela Marlene do seu passado, a atual Valentina. Sei que ela é a real causa da sua licença como guardião…”. “Eu não menti sobre isso quando me confessei…”. “E o que decidiu fazer? Vai permitir que o amor fale mais alto do que a fé?”, questionará o padre, concluindo a conversa e deixando Feliciano pensativo.

Clique, aqui, e continue lendo sobre este capítulo…

CONFIRA O RESUMO DOS CAPÍTULOS DESTA SEMANA

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregar mais