O Sétimo Guardião: Ondina questiona Feliciano após ele surtar por Valentina

Publicado há 2 anos
Por Renan Vieira
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Em O Sétimo Guardião, na Globo, Ondina (Ana Beatriz Nogueira) aparecerá preocupada com Feliciano (Leopoldo Pacheco), que sumiu e reapareceu em sua pensão. A cafetina entende que o pedido de licença dele da Irmandade pode ser um problema para todos e para a fonte milagrosa. Por isso, ela vai conversar com ele sobre seu interesse amoroso por Valentina (Lilia Cabral). Confira.

“Não estou te entendendo. Você some, deixa os guardiães preocupados… A gente até discutiu com Gabriel por sua causa! E vem passar a noite aqui na pousada com aquela mulher?!”, perguntará Ondina. “Não é ‘aquela mulher’, é a Marlene!”, rebaterá Feliciano. “É Valentina, nossa grande inimiga!”.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Veja também: Após ser apontador como assediador, Fabim procura Marilda, em O Sétimo Guardião, na Globo

“Ela não é mais isso!”. “Só porque você acha”, ironizará Ondina. “Mas é verdade, a situação da Valentina nessa historia mudou! O Olavo virou o jogo, deu um chega-pra-lá nela e ela agora não está mais contra nós…”, garantirá. “Já percebi. Deitou com a antiga paixão, passou a noite no bem bom e levantou convencido que ela é um poço de virtudes!”.

Ainda nesta cena de O Sétimo Guardião

“Não aconteceu nada entre nós…”. “Vai dizer que passaram a noite de conchinha?”. “Nem isso. A gente tinha questões mais urgentes a tratar e elas ocuparam nosso tempo. E quanto a minha ‘antiga paixão’ por ela não é coisa do passado. Continua viva!”. “Foi por isso que pediu licença à irmandade, quer conquistar o amor de sua querida! O problema é que León… quer dizer, Murilo já está com ela”.

“Só porque o Gabriel mandou. É tudo uma farsa, Ondina! E não acho isso correto. Mesmo sabendo das supostas intenções dela quanto à fonte, o que Gabriel fez não é digno da irmandade. Deu carta branca a Murilo pra seduzir a mãe dele!”. “É isso que está te incomodando?”, indagará a cafetina.

O que me espanta é que você e os outros achem normal! Eu discordo. E por isso, se Gabriel não me der licença, vou me afastar por conta própria da irmandade”. “Não é preciso ir tão longe. Gabriel consultou o livro e viu que sua licença é possível. Mas tem um prazo! E não permite que deixe de lado suas responsabilidades de guardião, o que lhe trará um problema: controlar este seu coração que voltou a bater e os ciúmes que sente da Valentina”. “Foi por isso pedi a licença. Para tentar resolver este problema… E decidir o que vou fazer da minha vida daqui pra frente”. “Não vai ser fácil”, avisará Ondina. “Eu sei. Mas é o que desejo”, concluirá Feliciano.

Clique, aqui, e continue lendo sobre este capítulo…

CONFIRA O RESUMO DOS CAPÍTULOS DESTA SEMANA

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregar mais