O Sétimo Guardião: Ondina conversa com Sampaio sobre paixão dele por Valentina

Publicado há 2 anos
Por Renan Vieira
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Em O Sétimo Guardião, na Globo, Ondina (Ana Beatriz Nogueira) terá uma conversa franca com Sampaio (Marcello Novaes). A cafetina perceberá o que ele sente por Valentina (Lilia Cabral) e dirá na cara dele que a empresária se aproveita disso. “A senhora está metendo o nariz onde não deve. Depois não se queixe se sentir o mau cheiro”, dirá o bandidão.

“Você é um homem vivido, já deve ter feito coisas horríveis…”, falará Ondina. “Sim, eu tive meus momentos”. “Pois eu também… Não dizem que experiência é vida? Bastou ver você olhar pra Valentina uma vez! Na hora eu entendi: ele é doido por ela! E foi só ver o jeito como ela lhe mandou sair do quarto e ficar de prontidão lá fora pra sacar”, argumentará Ondina.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Veja também: Ondina e Milu acreditam que Eurico traiu irmandade, em O Sétimo Guardião, na Globo

E continuará: “Ela sabe de sua vontade, melhor, do seu tesão, e usa isso pra lhe controlar. Pra lhe manter na esperança de que ainda vai conseguir dar um pega nela… Mas quem acabou fazendo isso não foi você. Foi o prefeito!”. “Obrigado pela gentileza de sentar comigo em minha mesa… Mas já passou da minha hora”. “Volte quando quiser… E minha gentileza será a mesma”, concluirá Ondina.

Ainda em O Sétimo Guardião

Em O Sétimo Guardião, Luz (Marina Ruy Barbosa) foi buscar livros para doação na casa de Gabriel (Bruno Gagliasso) e ficou intrigada com um em especial. Ela quis vê-lo, mas foi impedida pelo galã porque é do guardião-mor. No entanto, a protagonista não vai esquecer fácil essa história e comentará com Sóstenes (Marcos Caruso). Confira.

“Então, a recolha de livros com Júnior foi boa?”, questionará Sóstenes. “Super-produtiva! Sabe quando se sente que está fazendo algo bacana? Quando vê uma coisa legal tomando forma? É assim que está acontecendo com a nossa biblioteca!”, responderá Luz. “Nossa… Sua e do Júnior?”, indagará. “Não, vô! Nossa da comunidade, né? Afinal, a biblioteca vai ser um bem público”.

“Vocês foram no casarão atrás de donativos?”. “Foi inevitável! A casa é cheia de livro. Tinha um lá então… Precisava ver: antigo, escrito à mão… Algo que não se vê hoje em dia”.
‘Normal isso. Casa velha tem livro velho”. “Mas esse é diferente. Fico pensando que tipo de coisa tá escrita lá. Tem alguma ideia?”.

E mais!

“Nenhuma, nunca frequentei a casa do Egídio”. “Tenho que voltar lá pra saber…”. “Hum… E esse seu interesse todo é no livro… ou no dono dele?”. “Se quer saber se continuo gostando do Gabriel, não vou mentir… É claro que sim! Mas uma coisa é gostar, outra é saber que não tem mais jeito. Por isso, quero mais é esquecer dele”.

“Então, é melhor esquecer o tal livro também”. “Mas ele me deixou tão intrigada… Não sei explicar direito, mas… não me sai da cabeça”. “Já vi esse filme. Vai acabar batendo lá pra perguntar. E claro, vai encontrar o Gabriel de novo. E eu só estou falando isso porque…”. “Já sei! A Judith deve saber alguma cosia sobre o livro, vou perguntar pra ela! Problema resolvido!”, concluirá Luz.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregar mais