O Sétimo Guardião: Olavo decide cortar o fornecimento de água de Serro Azul; entenda

Publicado há 2 anos
Por Renan Vieira
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Em O Sétimo Guardião, na Globo, Olavo (Tony Ramos) pretende interromper o serviço de distribuição de água de Serro Azul. O objetivo dele é forçar Gabriel (Bruno Gagliasso) a abrir a fonte. Agora, no comando, sem Valentina (Lilia Cabral), ele acredita que, dessa maneira, poderá ter maior acesso ao aquífero. Confira.

“Cortar o fornecimento de água da cidade?”, perguntará Laura (Yanna Lavigne). “Não é ótimo?”, questionará. “Mas vai deixar todo mundo na seca pra quê?”. “Raciocina comigo! Quem é o Senhor da fonte e do aquífero secreto de Serro Azul?”. “Gabriel, né?”. “Vamos deixar ele numa sinuca de bico! Se eu corto a água… Ele vai deixar o povo morrer de sede… Ou vai abrir o jogo e revelar seu precioso segredo?!”.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Veja também: Finalmente, Luz descobre por que Gabriel terminou com ela, em O Sétimo Guardião, na Globo

“Que ideia mais diabolicamente maravilhosa, pai! De onde você tirou isso?”. “Acha que fico sentado naquele sofá pensando o quê? Nas estrelas mortas dos universos distantes? Fico é maquinando, pensando na melhor forma de ganhar mais dinheiro!”. “E, pra isso, se tiver que explodir o reservatório e deixar Serro Azul com sede…”.

Ainda nesta cena de O Sétimo Guardião

“Não vou pensar nem duas vezes! A rede de abastecimento de água daqui é dos tempos da onça. Então, vou unir o útil ao agradável. Tornar pública a existência da fonte e apresentar à Prefeitura um projeto, que já está pronto, de modernização do sistema de fornecimento de água pra cidade”. “Tem uma coisa aí que não entendi direito. Você quer obrigar o Gabriel a revelar o segredo da fonte. Mas sabe que ela é mágica, praticamente faz milagres e vai deixar o povo beber dela?”.

“Claro que não! A água da fonte eu vou desviar para o fabrico dos nossos produtos. Nascentes comuns, sem poderes curativos, é o que mais tem aí pelos morros. É delas que vou trazer água pra cidade…”. “Seu plano só dará certo se o Gabriel permitir o acesso à fonte… E se ele não fizer isso?”. “Cheio de boas intenções como é? É claro que o idiota vai sacrificar tudo pra que o povo não morra de sede”, concluirá Olavo.

Clique, aqui, e continue lendo sobre este capítulo…

CONFIRA O RESUMO DOS CAPÍTULOS DESTA SEMANA

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregar mais