O Sétimo Guardião: Milu fica muito preocupada com sumiço de Gabriel

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Em O Sétimo Guardião, na Globo, os guardiões todos estavam à espera de Gabriel (Bruno Gagliasso). O objetivo era contar tudo sobre a fonte milagrosa para ele. No entanto, o rapaz não apareceu e eles ficaram plantados no casarão que foi de Egídio (Antônio Calloni) e Milu (Zezé Polessa) ficará muito preocupada. “Eu falei! Aconteceu alguma coisa com Gabriel!”, dirá Milu.

“O último lugar onde ele foi visto foi aqui na tua loja… Lembra de alguma coisa estranha?”, perguntará Aranha (Paulo Rocha). “Está desconfiando de mim, Aranha?”, indagará Milu. “Claro que não… Quero que tente lembrar de alguma coisa que possa nos ajudar, já que o rapaz saiu daqui e não voltou mais pra casa!”.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Veja também: Valentina se abala e chora após brigar com Gabriel, em O Sétimo Guardião, na Globo

“Não aconteceu nada demais. Ele parecia normal. Um pouco inquieto, mas nada que preocupasse…”. “Nesse caso, só nos resta aguardar notícias. Você acredita em mim ou vai fazer como Eurico, achar que sou culpada disso tudo?”. “Acredito em você. Mas a verdade é que a irmandade está em risco… E em risco também vai ficar meu casamento se eu não for embora”, concluirá Aranha.

Ainda em O Sétimo Guardião

Em O Sétimo Guardião, Luz recebeu uma proposta para trabalhar na nova biblioteca de Serro Azul. No entanto, esse é um artifício de Júnior (José Loreto), que é o secretário de Educação e Cultura e quer tê-la por perto. Apesar de recusar a oferta em um primeiro momento, após uma conversa com Sóstenes (Marcos Caruso), ela prometerá pensar sobre o tema. Confira.

“Não vou aguentar isso, vô! Ficar com o Júnior colado no meu cangote, me sufocando, na casa que é, por direito, do Gabriel, não dá!”, afirmará Luz. “Se está assim por causa do Gabriel, estou certo que ele tem maturidade pra entender a situação e te dar todo apoio”, rebaterá Sóstenes. “Não é só por causa dele. É por mim. Isso é um abuso, vô! A ideia da biblioteca é ótima, o problema é que não é nas pessoas de Serro Azul que Júnior está pensando…”, explicará.

“Meu conselho é que não se precipite, não peça exoneração. Aceite o desafio. Afinal, você adora os livros!”. “Isso é só pretexto, é a isca que o Júnior inventou para tentar me capturar”. “E acaso você é mulher de se deixar apanhar? Cabe a você colocar o Júnior no seu devido lugar, impondo seus limites”.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio