O Sétimo Guardião: Marilda tenta escapar dos beijos de Fabim, depois de prometer ficar com ele

Publicado há 2 anos
Por Renan Vieira
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Em O Sétimo Guardião, na Globo, Marilda (Letícia Spiller) prometeu que ficaria com Fabim (Marcello Melo Jr.), mas parece que se arrependeu. A primeira-dama queria que ele ajudasse a encontrar Eurico (Dan Stulbach), que estava sumido, na visão dela. Nos próximos capítulos, ela até vai procurá-lo, mas dará um jeito de escapar. Confira.

“Achei que era um depósito, mas parece uma loja… O que vão vender aqui?”, perguntará Marilda ao entrar na loja de Ypiranga (Paulo Betti). “Telefones celulares e também vai ser uma lan house. Os computadores vão ficar naquela bancada. Seu Ypiranga preparou tudo em segredo. Diz que vai ganhar muito dinheiro”.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Veja também: Após castigo, Eurico brocha e frustra Marilda na cama, em O Sétimo Guardião, na Globo

“Mas quem vai tomar conta da loja? Não me diga que é você?”. “Eu nem tinha pensado nisso. Mas agora que a senhora falou… Vou falar com seu Ypiranga. Assim fico em Serro Azul e a gente pode continuar no lesco-lesco”. “Lesco-lesco? Não sei o que é isso”. “Se não sabe, vai aprender daqui a pouco”. “O que tem naquelas caixas ali?”, questionará Marilda, tentando mudar o rumo da conversa.

Ainda nesta cena de O Sétimo Guardião

“Chega de me enrolar! Vamos botar fogo na mata de uma vez!”, dirá Fabim, indo para cima de Marilda. “Botar fogo na mata é crime ecológico!”. “Foi só maneira de dizer… O que eu quero mesmo é botar fogo na senhora!”, dirá ele. De repente, se ouvirá um som de sirene. “É a sirene da polícia!”. “Pelo toque parece mais de bombeiros”, contrariará Fabim.

“Então, a mata pegou fogo mesmo… Ou então, pior ainda: foi alguma casa na cidade… Lá na praça! Quando passei estava a maior confusão e eu nem me dei conta… Vai ver que já era o fogo!”. “E o meu fogo, como é que fica?”, indagará o pedreiro. “Trata de apagar você mesmo! Se está ocorrendo uma emergência na cidade, a primeira-dama tem que aparecer para prestar solidariedade!”, concluirá ela e sairá.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregar mais