O Sétimo Guardião: Marcos Paulo diz que desistiu de vingança contra Valentina; entenda

Publicado há 2 anos
Por Renan Vieira
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Em O Sétimo Guardião, na Globo, Marcos Paulo (Nany People) chegou a Serro Azul com o propósito de se vingar de Valentina (Lilia Cabral). As duas tiveram sérios problemas no passado e a loira viu uma grande oportunidade de fazer, no mínimo, justiça. Mas, nos próximos capítulos, ela dirá que não vai mais fazer nada contra sua amiga. Confira.

“E agora? O que é que você vai fazer?”, perguntará Mattoso (Tuca Andrada). “Ficar do lado da minha amiga Marlene, claro!”, responderá Marcos Paulo. “Mas não foi pra isso que veio pra cá!”, rebaterá. “Não, não foi. Sabe, meu irmão, somos só uma espécie mais desenvolvida de macacos, em um planetinha minúsculo, de uma estrela comum, mas entendemos do universo que nos cerca. E isso faz toda diferença. Stephen Hawking, ao dizer isso, não falava só de física, mas da vida e das relações humanas… Entendeu?”.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Veja também: Após ser apontador como assediador, Fabim procura Marilda, em O Sétimo Guardião, na Globo

“Não. Isso quer dizer o quê propriamente, que mudou seus planos de se vingar da Valentina?”. “A vida já fez isso por mim! Pois uma coisa a maldade sabe bem: é o caminho de volta. Valentina está só recebendo o que lançou no universo. Não faz sentido virar as costas pra ela agora e tripudiar em cima”, avaliará Marcos Paulo.

Ainda nesta cena de O Sétimo Guardião

“Sei não. Ela é ardilosa. Daqui a pouco vira o jogo contra o Olavo e você se ferra sozinha…”, avisará Mattoso. “Valentina não vai mais se voltar contra mim. Ela é de novo aquela pessoa que um dia dividiu comigo, às gargalhadas, uma lata da sardinha! Meu dever agora é apoiá-la!”, insistirá a loira.

“Assim que Olavo souber que você se bandeou pro lado dela, não vai sossegar enquanto não te destruir também! Tem certeza que não é mais seguro pegar as fórmulas no esconderijo, que só eu sei onde é, e vazar daqui?!”. “Essas fórmulas não têm serventia alguma sem a água da fonte, Mattoso”. “Então, venda as fórmulas pra alguém que seja mais poderoso do que Olavo, capaz de entrar em Serro Azul com arsenal militar, botar abaixo o casarão e tomando aquela água à força!”.

“O que ganho com isso, o prêmio Nobel da paz?!”. “Talvez o de química, que lhe prometeram…”. “Não vou deixar Valentina e Gabriel na mão pra dar a Elza nessas fórmulas e cantar pra subir. Eles precisam de mim e só existe uma forma de ajudar os dois, mas agora não tenho tempo pra te explicar. Então, trata de ficar quieto até eu dar notícias. Entendeu?”, concluirá Marcos Paulo.

Clique, aqui, e continue lendo sobre este capítulo…

CONFIRA O RESUMO DOS CAPÍTULOS DESTA SEMANA

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregar mais