O Sétimo Guardião: Luz demonstra empatia por história de Valentina

Publicado há 2 anos
Por Renan Vieira
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Em O Sétimo Guardião, na Globo, Luz (Marina Ruy Barbosa) se mostrará empática com o duro passado de Valentina (Lilia Cabral). Gabriel (Bruno Gagliasso) lhe mostrará algumas cartas que ela escreveu para Egídio (Antônio Calloni), quando foi abandonada. “Uma coisa a gente tem que reconhecer. A história de sua mãe é muito triste. Dá até para entender porque ela ficou tão amarga. Nada justifica a maldade. Mas no caso dela… Dona Valentina não deixa de ter suas razões”, afirmará.

Veja também: Valentina se abala e chora após brigar com Gabriel, em O Sétimo Guardião, na Globo

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

“O que não consigo entender é porque Egídio fez isso. Nas fotos fica bem claro que ele era apaixonado por ela. Mas de repente a deixou e nunca disse por que, guardou silêncio absoluto! Não consigo imaginar por que razão alguém faz uma coisa dessas, falará o protagonista pensativo.

Ainda em O Sétimo Guardião

Em O Sétimo Guardião, Luz recebeu uma proposta para trabalhar na nova biblioteca de Serro Azul. No entanto, esse é um artifício de Júnior (José Loreto), que é o secretário de Educação e Cultura e quer tê-la por perto. Apesar de recusar a oferta em um primeiro momento, após uma conversa com Sóstenes (Marcos Caruso), ela prometerá pensar sobre o tema. Confira.

“Não vou aguentar isso, vô! Ficar com o Júnior colado no meu cangote, me sufocando, na casa que é, por direito, do Gabriel, não dá!”, afirmará Luz. “Se está assim por causa do Gabriel, estou certo que ele tem maturidade pra entender a situação e te dar todo apoio”, rebaterá Sóstenes. “Não é só por causa dele. É por mim. Isso é um abuso, vô! A ideia da biblioteca é ótima, o problema é que não é nas pessoas de Serro Azul que Júnior está pensando…”, explicará.

“Meu conselho é que não se precipite, não peça exoneração. Aceite o desafio. Afinal, você adora os livros!”. “Isso é só pretexto, é a isca que o Júnior inventou para tentar me capturar”. “E acaso você é mulher de se deixar apanhar? Cabe a você colocar o Júnior no seu devido lugar, impondo seus limites”.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio