O Sétimo Guardião: Judith coloca plano arriscado em prática e procura Valentina

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Em O Sétimo Guardião, na Globo, Judith (Isabela Garcia) irá até a casa de Valentina (Lilia Cabral) para lhe entregar um envelope. Na verdade, a esposa de Robério (Heitor Martinez) vai mesmo é mostrar para a vilã que não se lembra de nada do que aconteceu. Tudo isso é parte de um plano de León para que a governanta continue viva.

Ela sofreu uma tentativa de assassinato de Sampaio (Marcello Novaes), capanga da empresária, que recebeu ordens da própria Valentina. Judith havia descoberto a passagem secreta do casarão para a casa da mãe de Gabriel (Bruno Gagliasso). A tática, agora, é enganar o inimigo. Confira.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Veja também: Valentina se abala e chora após brigar com Gabriel, em O Sétimo Guardião, na Globo

“O que você quer?”, perguntará Valentina. “Desculpe se bati na sua porta, só lhe vi uma vez, no dia do velório do meu ex-patrão… Mas preciso falar com a senhora”, responderá Judith. “Então, fale de uma vez”. “É, que na última noite de vida do seu Egídio fui servir um café pra ele… E ele estava mexendo neste envelope”.

“E o que tem aí dentro?”, indagará. “É melhor ver com seus próprios olhos”, responderá Judith, que entregará o envelope, que contém fotos de Valentina e Egídio. “O Egídio já morreu há tanto tempo… Você me trouxe isso agora por quê?”, perguntará disfarçando o abalo.

Ainda nesta cena de O Sétimo Guardião

“Porque aconteceu um problema comigo, não sei se escorreguei, se caí… O fato é que não sei por onde andei… E perdi minha memória de ontem!”. “E porque não foi ao médico?”. “Fui! Meu marido chamou o dr. Aranha, que me examinou, disse que acontece quando alguém leva um tombo, bate com a cabeça… Do resto eu me lembro, mas quando tento descobrir o que aconteceu ontem à noite vejo tudo escuro!”.

“E o médico diagnosticou o quê sobre este seu esquecimento?”. “Ele disse que era pra continuar levando minha vida, já que me lembrava do resto. E daí que hoje, quando fiz o que sempre faço, que é arrumar a mesa do seu Egídio como se ele ainda estivesse vivo, dei de cara com este envelope e pensei: eram as lembranças dele… E agora pertencem à Madame! Fiquei sem as memórias de uma noite e achei que a senhora devia ficar com as suas do tempo em que foi feliz com seu Egídio. Eu não estava aqui quando sua história triste aconteceu, não sei porque ele lhe deixou… Mas uma coisa eu sei: pelo modo como olhava estas fotos, ele nunca a esqueceu. Fiz mal em lhe trazer isso?”. “Depende do que vai querer em troca”, concluirá Valentina.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio