O Sétimo Guardião: Geandro revela a Júnior que viu o Encapuzado

Publicado há 2 anos
Por Renan Vieira
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Em O Sétimo Guardião, na Globo, Júnior (José Loreto) estava meio preocupado com o Encapuzado. O ser misterioso o atacou quando ele tentou assassinar, a tiros, Gabriel (Bruno Gagliasso). Depois do episódio, ele contou tudo para Geandro (Caio Blat), que ficou meio desconfiado.

Agora, é o próprio filho mais velho de Marilda (Letícia Spiller) quem vai ter novidades sobre o Encapuzado. O rapaz terá trombado com ele em Serro Azul. O ser misterioso, que, na verdade, é León, estava escapando depois de ter dado uma surra em Sampaio (Marcello Novaes). Com isso, Geandro vai procurar o irmão. Confira.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Veja também: Laura convida Gabriel para ir a seu quarto, em O Sétimo Guardião, na Globo

“Cara, cara, cara… Você não sabe da maior!”. “Que afobamento é esse?”, questionará Júnior. “Eu vi!!!”. “Viu o quê, criatura?”. “O Encapuzado!”, revelará Geandro, para espanto do irmão. “Aqui em casa?!”. “Na rua! De madrugada!”. “Tem certeza que era ele?”. “Claro! A gente esbarrou e tudo! Veio correndo, trombou comigo e saiu correndo!”. “Saiu correndo? Não subiu parede nem nada?”. “Eu vi o rosto dele, Júnior!”. “Sério?! Viu mesmo?”, concluirá Júnior, curioso por detalhes.

Ainda nesta cena de O Sétimo Guardião

“Existe. É ser objeto da bondade de uma irmã milionária! Depois que a gente der o que Marlene quer, ela vai me tornar beneficiária do testamento dela de uma vez por todas”. “Ela já prometeu isso, mas acho que esqueceu”. “Agora vai lembrar… E cumprir. E minha participação na divisão de bens dela não será apenas simbólica! Ela vai me dar é muitcho!”.

“Como casamos em regime de comunhão de bens… Eu espero que sim”. “Júnior na Prefeitura, você no Congresso lá em Brasília, e eu fazendo compras em Paris, em Dubai… Daqui para frente é assim que será nossa vida. Um eterno mar de rosas perfumadas”. “Se os outros guardiães não me matarem antes…”, falará Eurico consigo. “Que foi que você disse?”, perguntará Marilda. “Nada. E para de se embonecar toda, se não a gente se atrasa”, concluirá o prefeito.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio