O Sétimo Guardião: Gabriel garante a Feijão que vai cuidar de seu futuro

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Em O Sétimo Guardião, na Globo, Gabriel (Bruno Gagliasso) vai ter uma conversa importante com Feijão (Cauê Campos), nos próximos capítulos. O guardião-mor falará ao garoto sobre as razões que o levaram a ser adotado por Judith (Isabela Garcia). Esperto, o menino dirá que sabe que rola um interesse por parte deles, mas gosta de ser bem tratado. Confira.

“Quer dizer que a dona Judith vai me adotar… Mas o senhor é quem vai ficar comigo?”, perguntará Feijão. “Sou eu quem vai cuidar de você, sim. De sua educação, do seu futuro… É isso”, responderá Gabriel. “E em troca vou ter que fazer o quê? Trabalhar pro senhor?”. “Vai fazer muito mais. Vai convencer a si mesmo que não dá pra limitar seu mundo à praça e ao quiosque de Nicolau. Vai pensar que pode ter um futuro, o seu lugar no mundo… E pra isso terá que se aplicar e estudar muito”, pontuará Gabriel.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Veja também: Luz diz que ficar com Júnior pode ser seu destino, em O Sétimo Guardião, na Globo

Na sequência, Feijão vai rebater dizendo que está muito atrasado e está na turma das crianças menores, na escola. Com isso, dará a entender que perdeu o bonde e não conseguirá se recuperar nos estudos. Gabriel, então, explicará que tudo isso aconteceu porque ele nunca levou os estudos a sério, mas, com força de vontade, é possível corrigir isso.

Ainda nesta cena de O Sétimo Guardião

“E como é que vou fazer isso?”, indagará o menino. “Vai depender de você. Do seu próprio esforço. Da sua capacidade de entender que não pode viver assim, como vive hoje, pro resto da sua vida. Mas, se quiser mesmo mudar seu rumo, no que puder, eu ajudo”, responderá Gabriel. “Só que não é por minha causa que o senhor vai fazer isso. É porque eu descobri a tal da fonte… é ou não é? O senhor só tá me dando essa força pra que eu lhe fique agradecido e não fale nada sobre ela pra ninguém”, questionará o menino.

“E você vai falar? Vai contar pros outros sobre a fonte ou não?”, perguntará o mocinho. “Mesmo que seja por interesse, ninguém nunca me tratou feito a dona Judith e o senhor. Nem minha mãe, que sumiu sem dizer ‘até logo’”. “E quanto à minha mãe? Durante o tempo que você ficou lá no sobrado ela não te tratou bem?”.

“Tratou. Era ‘meu querido’ prá cá, ‘minha pobre criança grande’ pra lá… Mas eu vi logo que era tudo falsidade. Ela só queria saber onde era o buraco em que eu caí. Eu sei que aqui também rola interesse. Posso estar atrasado na escola, mas não sou burro. Só que é de um jeito diferente. Tanto que o senhor abriu logo pra mim. Cuida do meu futuro e eu fico de bico calado sobre o que tem embaixo de sua casa. Então, pode ficar tranquilo. Eu nunca vou contar pra ninguém o que vi”. “E eu juro que vou cumprir tudo que te prometi”, concluirá Gabriel.

Clique, aqui, e continue lendo sobre este capítulo…

CONFIRA O RESUMO DOS CAPÍTULOS DESTA SEMANA…

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio