O Sétimo Guardião: Encapuzado tranquiliza Judith e fala em plano para mantê-la viva

Publicado há 2 anos
Por Renan Vieira
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Em O Sétimo Guardião, na Globo, Judith (Isabela Garcia) quase foi morta por Sampaio (Marcello Novaes). O capanga de Valentina (Lilia Cabral) a apagou e, então, a jogou de um penhasco. Por sorte, ou não, León apareceu, se transformou em humano e a salvou. Agora, já em segurança, ela entenderá tudo o que aconteceu.

O Encapuzado (Eduardo Moscovis) explicará em detalhes como o mau-caráter tentou se livrar dela. Com isso, ela pode estar correndo perigo, já que se espera uma nova ofensiva, caso descubram que ela está viva. Mas o amigo fiel tratará de acalmá-la e dará a entender que tem tudo sob controle. Será?

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Veja também: Valentina se abala e chora após brigar com Gabriel, em O Sétimo Guardião, na Globo

“Você ficou inconsciente o tempo todo. Eu consegui te tirar do rio e te trazer até aqui”, explicará. “Então, o capanga da dona Valentina… Ele tentou me matar?! Tudo por que eu descobri a passagem da fonte pro lavabo dela?”, indagará. “O que prova que ela já sabe da fonte, da água”. “Meu Deus! Como é que eu volto pra casa agora?! Se eles me veem, acabam comigo!”, avaliará Judith. “Você vai poder voltar sem correr risco de vida. Eu tenho um plano”, concluirá o Encapuzado.

Ainda em O Sétimo Guardião

Em O Sétimo Guardião, Luz (Marina Ruy Barbosa) recebeu uma proposta para trabalhar na nova biblioteca de Serro Azul. No entanto, esse é um artifício de Júnior (José Loreto), que é o secretário de Educação e Cultura e quer tê-la por perto. Apesar de recusar a oferta em um primeiro momento, após uma conversa com Sóstenes (Marcos Caruso), ela prometerá pensar sobre o tema. Confira.

“Não vou aguentar isso, vô! Ficar com o Júnior colado no meu cangote, me sufocando, na casa que é, por direito, do Gabriel, não dá!”, afirmará Luz. “Se está assim por causa do Gabriel, estou certo que ele tem maturidade pra entender a situação e te dar todo apoio”, rebaterá Sóstenes. “Não é só por causa dele. É por mim. Isso é um abuso, vô! A ideia da biblioteca é ótima, o problema é que não é nas pessoas de Serro Azul que Júnior está pensando…”, explicará.

“Meu conselho é que não se precipite, não peça exoneração. Aceite o desafio. Afinal, você adora os livros!”. “Isso é só pretexto, é a isca que o Júnior inventou para tentar me capturar”. “E acaso você é mulher de se deixar apanhar? Cabe a você colocar o Júnior no seu devido lugar, impondo seus limites”.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio