O Sétimo Guardião: Cheio de segredos, Feliciano Pataxó vai ‘pintar e bordar’ na cidade de Serro Azul

Publicado há 2 anos
Por Cadu Safner
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Em O Sétimo Guardião, a próxima novela das 9 da Rede Globo, um dos moradores de Serro Azul é, Feliciano Pataxó.  Um descendente dos antigos índios que habitaram a região em tempos idos.

Veja também: O Sétimo Guardião: Jurandir proibirá Elisa da ‘vida de pecados’ com Maltoni, o menino de Deus

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Para muitos – é apenas um mendigo feio, sujo e desequilibrado. Para desespero das beatas e desconforto do Padre Ramiro, ele vive no largo da Matriz. Pataxó faz das escadarias da igreja palco para seus “espetáculos”. Feliciano costuma interromper as missas, fazer a ‘dança da chuva’, sobe até a torre da igreja para se entregar à sua maior diversão: tocar o sino. Ele pinta e borda na cidade.

Numa certa noite, sem qualquer motivo, Feliciano é vitima do grupo de bad boys da cidade. Eles o espancam e ameaçam queimá-lo vivo. Mas ele é salvo pela intervenção de Luz, que acordou angustiada com um sonho no qual o mendigo pedia socorro. Na aparência, apenas um mendigo maluco, mas Feliciano Pataxó guarda alguns segredos que os telespectadores descobrirão no decorrer da história de Aguinaldo Silva, que marca o seu retorno ao realismo fantástico. O Sétimo Guardião tem estreia agendada para o dia 12 de novembro.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio