O Sétimo Guardião: Acreditando que Guardiães colocaram fogo na Igreja, Padre Ramiro confronta Gabriel

Publicado há 2 anos
Por Renan Vieira
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Em O Sétimo Guardião, na Globo, padre Ramiro (Aílton Graça) foi surpreendido por um incêndio em sua igreja. Antes de qualquer perícia, ele mesmo concluiu que foi a Irmandade quem o puniu por saber demais. Inconformado com os danos causados, ele insistirá para que Luz (Marina Ruy Barbosa) busque Gabriel (Bruno Gagliasso). Quando o protagonista chegar, o religioso terá uma conversa franca com ele, a sós. Confira.

“Foi a sua irmandade, não foi?”, perguntará Ramiro. “A irmandade fez o quê, padre?”, indagará. “Tocou fogo na minha igreja! Não sei como, mas fizeram isso pra me matar, com medo que eu falasse o que o Eurico me contou! Assume! Eurico me entrega tudo sobre a tal sociedade secreta ou sei lá o que é. Eu falo com você, volto pra igreja e começa o fogo! Eu desmaio não sei como e quase asso vivo, com uma ferida na testa que não sei de onde saiu! Se isso não foi um aviso, uma ameaça, então, foi o quê?”.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Veja também: Após castigo, Eurico brocha e frustra Marilda na cama, em O Sétimo Guardião, na Globo

“Uma série de coincidências, só isso!”. “Coincidência é o caramba! Tentaram me matar!”. “Eu entendo que tudo isso tenha lhe deixado transtornado. Mas o padre não pode esquecer um detalhe: a Irmandade é do bem!”. “Quem é que me garante isso?”. “Eu, Egídio e os que vieram antes de nós! Ela só existe para proteger a água que está sob nossos pés e é patrimônio da humanidade. Não tem nenhuma relação com bruxaria, maldade ou esoterismo. Jamais algum de nós, ou a força que nos guia, faria mal para o senhor…”.

Ainda nesta cena de O Sétimo Guardião

“Força superior, pra mim, só existe uma: é Deus! Diante Dele, vocês com essa história de Irmandade, não passam de charlatães!”. “É isso que o senhor acha?”. “Sim!”, responderá o padre. “E se eu lhe provar, de modo que não reste a menor dúvida, que o senhor está errado?”. “Acho difícil. Mas se conseguir fazer isso… Aí dou minha mão à palmatória”. “Então, por favor, venha comigo”, concluirá Gabriel.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregar mais