O Outro Lado do Paraíso: Vinícius tenta estrangular Clara

Publicado há 3 anos
Por Nucia Ferreira
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Inconformado com a denúncia de Laura (Bella Piero) em O Outro Lado do Paraíso, Vinícius (Flávio Tolezzani) vai culpar Clara (Bianca Bin) por ter feito a cabeça da enteada. O delegado vai procurar a mocinha para tentar reverter a situação, mas quando ela admitir que está se vingando dele por conta do passado, ele vai ameaçá-la de morte. Antes, Vinícius vai contar com a ajuda de Lorena (Sandra Corveloni) para tentar convencer a filha a retirar a queixa contra ele. Como a dona de casa não consegue nada, ele vai até a casa da mocinha.

O delegado vai implorar de joelhos. “Vai destruir minha vida, Clara. Sei que tem força suficiente junto da Laura pra ela tirar a denúncia. Pode ser que ela não me perdoe, mas o caso vai ficar pra trás, abafado. Eu e a Lorena podemos até mudar de cidade, fica o dito pelo não dito. Clara, eu imploro, use sua influência junto à Laura. Faça ela retirar a acusação. Eu imploro, Clara”, se humilha.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

“Implora?”, pergunta a mocinha. “Que mal eu fiz a você, pra levar a Laura a tudo isso?”, quer saber Vinícius. “Eu não levei a Laura a lugar nenhum. Ela apenas se lembrou, e lembrou de algo horrível. Eu ajudei a Laura a recordar. Mas se quer saber, senhor delegado, foi vingança. É vingança”, diz a mocinha deixando o homem surpreso. “Quando eu era casada com o Gael, ele me batia. Denunciei o espancamento… Mas você, senhor delegado, engavetou minha denúncia. Depois engavetou outras. Sabia que o Gael me batia. Ele já tinha fama de espancador. Bateu na primeira mulher, em namoradas. Você sabia disso. Mesmo assim, agiu como se eu estivesse mentindo. Pediu um laudo psiquiátrico”, acusa.

O Outro Lado do Paraíso: Sophia lamenta: “A Clara me derrotou”

O delegado continua tentando se defender, mas Clara lembra que o laudo dele foi à base da sua internação no hospício. “Mas se você, delegado, tivesse ouvido minhas denúncias, nada disso teria acontecido. Eu não teria perdido anos da minha vida naquele lugar”, diz. “É vingança, só vingança”, acusa Vinícius. “Era somente uma vingança, mas o teor da denúncia de sua enteada fala mais alto que uma simples vingança. Estou fazendo um bem. A Laura se recordou de tudo que fez. Eu não estou somente me vingando. Mas denunciando um monstro”, se orgulha a mocinha. “Não vai conseguir… Eu farei tudo voltar atrás. Vou começar por você. Vou te matar, Clara”, grita o delegado que parte para cima dela e tenta estrangulá-la.

Clara começa a gritar por socorro. Janete chega e agarra o delegado, que consegue empurrar a empregada. Mesmo com dificuldade de falar, a mocinha continua resistindo. “Não vai se livrar”, garante. “Vou. Ainda sou delegado, sei esconder evidências… Quis acabar comigo, não é? Se deu mal. Sou mais forte que você”, se vangloria. “Socorro, socorro!”, grita a mocinha no momento que Renato (Rafael Cardoso) está entrando. O médico desarma o delegado, que se irrita ainda mais: “Essa arma pertence à polícia”. “Se antes eu tivesse alguma dúvida de que é o culpado, agora não teria nenhuma. Foi longe demais Vinicius”, continua Clara. Desesperado, o delegado pede a arma de volta. “A gente entrega junto com a queixa”, declara o médico.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio