O Outro Lado do Paraíso: Mariano vai revelar para Clara que está vivo

Publicado há 3 anos
Por Nucia Ferreira
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Na reta final do O Outro Lado do Paraíso, Mariano (Juliano Cazarré) será uma peça chave para provar que Sophia (Marieta Severo) é a assassina da tesoura. Considerado por muitos como morto, o garimpeiro quer mesmo é reaparecer e provar que foi vítima da vilã, mas sobreviveu para contar a história. Impedido de sair do quilombo até se recuperar, Mariano vai pedir à Grande Mãe (Zezé Motta) que consiga o contato de Clara (Bianca Bin).

Tudo começa quando Mãe Quilombo recebe o convite para o casamento de Raquel (Érika Januzza) com Bruno (Caio Paduan). “Eu quero ir nesse casamento. É minha chance de dizer tudo que sei da Sophia”, insiste Mariano. “Ainda não tem condições”, diz a Mãe. “Eu tenho que sair dessa cama”, ressalta. “Eu sei. Vai sair. Mas os curativos, dentro do teu corpo, ainda não cicatrizaram. Não pode arriscar. Eu sei que é difícil. Mas agora é o momento mais delicado. Ainda precisa de uns dias pra se recuperar”, determina.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O Outro Lado do Paraíso: Patrick alerta Xodó sobre o perigo que ele corre com Sophia em liberdade

Mariano se conforma, mas vai ter outra ideia. “Vai ter muita gente nesse casamento”, imagina. “A Raquel é juíza. Vai ter muita gente, sim”, confirma a Mãe. “Tem uma moça que é amiga dela. Já pediu minha ajuda contra a Sophia uma vez. O nome dela é Clara”, diz o garimpeiro. “Clara. Eu sei quem é. Ela deu aulas aqui no quilombo, antes de casar com o filho dessa Sophia. Não tenho dúvidas que a Clara estará no casamento”, afirma a mulher. O garimpeiro então faz um pedido à Grande Mãe. “Procura a Clara. Pega o endereço dela. Ela sempre quis minha ajuda contra a Sophia. Agora vai ter muito mais ajuda que imaginou. Eu e ela, juntos, vamos acabar com essa mulher”, afirma.

O Outro Lado do Paraíso: Gael suspeita que Sophia possa ter sumido com Mariano

No dia do casamento, Mariano pede para Mãe Quilombo pegar o contado de Clara. “Preciso do endereço, do celular. Quando eu sair daqui, a primeira coisa que vou fazer é falar com ela, pra me ajudar contra a Sophia”, ressalta. “Eu faço isso sim. Por você e pela Clara”, concorda a mulher. Durante a cerimônia, a Grande mãe dá uma desculpa para pegar o contato da mocinha para seu protegido. “Clara, tava pensando. Até hoje não tenho teu endereço, teu celular”, diz Mãe Quilombo. “Agora estou morrendo de vergonha. Já devia ter convidado a senhora para me visitar há muito tempo. Endereço e celular, está aqui”, diz, entregando um cartão para a mulher.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio