O Outro Lado do Paraíso: Lívia termina namoro com Mariano: “Não me procura mais”

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Depois de ser chantageada por Sophia (Marieta Severo) em O Outro Lado do Paraíso, Lívia (Grazi Massafera) vai terminar o romance com Mariano (Juliano Cazarré). É que a vilã, que revela não ser mãe da moça, vai ameaçar afastá-la de Tomaz (Vitor Figueiredo) caso ela persista no namoro com o garimpeiro. Com medo de ficar longe da criança, ela vai marcar um encontro com o namorado para resolver a situação.

Lívia vai até Pedra Santa encontrar o bonitão. “Preferi aqui. Eu…não quero ta num apartamento com você. Sei que lá, não vou resistir”, diz. “Não vai resistir no quê?”, quer saber. “A você”. “Que tem eu?”, se espanta o garimpeiro. “Mariano, a gente não pode continuar. Acabou”, afirma. “Eu já esperava por essa. Ah, mais que esperava. Também levei o maior susto quando dei de cara com a Sophia…nunca imaginei que era tua mãe. Mas é porque sou burro mesmo. Devia ter desconfiado. Que uma mulher bonita como você ia ta fazendo aquela vez, na rua, em Pedra Santa, se não tivesse alguma coisa a ver com as esmeraldas?”, lamenta o amante da vilã, que relembra o dia que conheceu a garota.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Leia também: Fernanda Torres relembra experiência com novelas: “Eu era muito imatura”

Lívia vai dizer que tinha ido conversar com o ex-marido, por isso estava triste. “Se eu pensava um pouquinho, tinha feito as ligação. Só que teus olhos me enfeitiçaram…eu não pensei muito, mergulhei direto no coração…mais um pouco tinha unido os pontos por mim mesmo”, diz o garimpeiro. “A Sophia falava de um homem de que ela tava gostando. Se eu tivesse pensado um pouco…tinha chegado à conclusão. Dizem que o amor é cego. É burro também”, lamenta Lívia. “Não foi burrice, foi paixão”, corrige o homem. “Mariano, não vem dizer que o caso com ela acabou há muito tempo que não acabou”, acusa. “Ahhh…eu sou homem, não te via todo dia. Ela tava lá, a gente tinha um caso antigo. Como é que se diz? Recaída…eu tive as recaídas…mas foi só isso”, tenta explicar. “Só isso?”, diz Lívia. “Tá certo, não fui o homem mais fiel do mundo, porque tava lá na minha e ela facilitou. Mas no coração sim, fui fiel”, justifica.

Apesar de considerar o ato como traição, Lívia diz que acredita no namorado. “Acredita? Que bom. To sentindo um alívio. Prometo que não vai ter mais nada entre eu e a Sophia. Nem o dedo vou relar nela. Só não quero te perder”, promete. “ Já perdeu”, avisa a garota. “O quê? Vai dizer que tá com ciúme…eu posso dizer umas coisas da tua mãe…”, diz. “Não fala que ela é minha mãe, por favor.”, pede. “Mas…que tem?”, pergunta Mariano. “Prefiro não comentar. Agora a chamo só de Sophia”, explica. “Tá…se prefere, tá certo. Sophia. Só não diga que acabou, porque pra mim não acabou…e não vai acabar nunca. Meu coração tava muito sofrido, Lívia, cê chegou pra curar”, implora.

Mesmo apaixonada por Mariano, Lívia continuará firme na decisão. “Eu não posso ficar com você. Ela… a Sophia… me fez ameaças”, conta. “Que tipo de ameaça?”, quer saber o garimpeiro. “Eu nem quero falar. Mas ela tem o dinheiro nas mãos, e não só o dinheiro, tem mais que isso”, diz. Mariano vai querer que ela se explique melhor, mas a garota insiste que não tem como explicar agora. “Cê não me ama?”, pergunta. “Amo, só não posso mais ficar com você. Não posso”, continua. O garimpeiro agarra a garota. “Sente…sente meu beijo…sente meu coração batendo com o teu…cê não é capaz de me deixar”, afirma. Lívia empurra Mariano e é firme. “Me larga. Não tem mais nada entre nós. Não me procura mais”, diz já indo embora.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio