O Outro Lado do Paraíso: Laura fica angustiada com a morte de Vinícius

Publicado há 3 anos
Por Nucia Ferreira
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Mesmo com o abuso que sofreu na infância, Laura (Bella Piero) vai ficar abalada com a morte de Vinícius (Flávio Tolezzani) na prisão. A garota vai pedir ajuda a Clara (Bianca Bin) mais uma vez para tentar entender seus sentimentos contraditórios.  /’Tem alguma coisa importante para me dizer, Laura. É particular?”, pergunta a mocinha.  “Particular? Toda minha vida foi exposta naquele tribunal. Não, Clara…eu só…não to sabendo lidar  com meus sentimentos. Imaginava que quando aquele homem fosse preso…castigado, não que eu desejasse a morte dele mas…”, desabafa. “A Laura desejava a prisão. O castigo”, explica Rafael (Igor Angelkort). “Eu também…fiquei assustada com as consequências. Mas tudo que aconteceu foi devido aos atos que ele praticou. Eu só me acalmei quando…”, diz Clara, que sugere levar a garota para conversar com Mercedes (Fernanda Montenegro).

Leia também: Luis Melo fala sobre juiz corrupto de O Outro Lado do Paraíso: “Espero que seja punido”

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Em Pedra Santa, Laura encontra a vidente que vai logo falando:  “Você, menina…as vozes dizem…tem mágoa no coração…  Teu padrasto…”. Laura fica assustada com as palavras da vidente, que a convida para uma conversa em particular. “Quanta dor pode se abrir em um corpo, não é?”, diz Mercedes.  “Eu passei por tudo, esperava que quando pusesse ele na cadeia…a dor, o medo iam passar…mas não”, desabafa a menina.  “A dor, a mágoa só passam quando a gente perdoa”, diz a velha.  “Não perdoo aquele homem. Eu era uma menina e…”, começa a falar.

Mercedes interrompe. “As vozes  tão me contando…era um monstro…mas Cristo, veja bem…Cristo na cruz perdoou seus algozes…”, lembra. “Era Cristo”, justifica Laura. “É um exemplo. Mesmo na maior dor, é possível encontrar o perdão…”, afirma a vidente. “Então…tudo que fiz foi inútil? A denúncia, o processo, expor minha vida?”, pergunta.  “Não. Ele merecia ser castigado. E ao fazer isso, cê livrou quantas meninas de passar o que passou?”, lembra.  “Eu…não sei”, diz Laura.  “Muitas. Ele ia fazer com outras o que fez com você. Agora, o que interessa é teu coração…teu corpo. Pense numa árvore brotando… no tronco crescendo, nos galhos, folhas, flores e frutos. Assim é teu corpo agora, brotando pra uma nova vida”, afirma. “Eu não consigo”, lamenta a garota.  “Mas precisa…precisa conseguir perdoar. Pra renascer.   Eu vou pedir uma bênção”, diz Mercedes, que começa a rezar Laura.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio