O Outro Lado do Paraíso: Josafá se desespera ao descobrir que Cleo está trabalhando no bordel

Publicado há 3 anos
Por Nucia Ferreira
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Desde que Cleo (Giovana Cordeiro) começou a dormir até tarde, Josafá (Lima Duarte) começou a ficar incomodado com o comportamento da garota em O Outro Lado do Paraíso. E não vai demorar muito para o caminhoneiro descobrir o verdadeiro o que a menina está fazendo. No capítulo previsto para ir ao ar na quarta-feira, dia 28, ele pergunta se Cleo vai sair. “Quero passear, ver a cidade”, responde antes de sair. “Tua neta não tá dormindo demais de dia?”, pergunta o velho a Mercedes (Fernanda Montenegro). “Josafá, tá tudo bem. Tudo bem”, responde a vidente.

A resposta vai deixar o avô de Clara (Bianca Bin) irritado. “Velha tonta, tá acontecendo alguma coisa e cê nem se preocupa”, reclama. “Velho tonto é você. Quando eu digo que sei, sei”, garante. “ To vendo que cê ouve as vozes, mas a minha voz, minha voz cê prefere não ouvir”, dispara. “Eu ouço a voz da razão. Do raciocínio. E cê nem sempre tem raciocínio, Josafá”, insiste a velha. “Eu tenho raciocínio pra dar e vender. Tonta”, repete. Josafá avisa que vai dar uma passeada pela cidade e Mercedes pede para ele deixar a Cleo em paz. “Cê que é avó devia ta mais preocupada”, avisa. “To preocupada sim. Mas sei cuidar…do meu jeito”, garante. “Cê não sabe cuidar não, Mercedes. Tem muita maldade nesse mundo. Eu vou dar uma volta na cidade”, diz já saindo.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Leia também: O Outro Lado do Paraíso: Renato diz a Clara que Adriana tem um cisto no rim

Josafá entra no mercadinho e flagra Cleo conversando com as meninas do bordel. “Bonito teu jeito de passar o tempo, Cleo. Bebendo cerveja com as vagabunda”, dispara. “São…amigas”, diz a garota sem jeito. “Amigas? Só não te dou uns cascudos agora porque não quero que fique ainda mais falada”, diz. “Olha aqui, nós é gente igual ao senhor”, responde Sheila (Mariana Mendonça). “Ainda se atreve a me responder. Vai pra casa, Cleo. Agora”, exige.

As meninas fazem sinal para Cleo ir embora e vão embora logo depois. Josafá vai até o balcão. “Cícero, vê uma dose, que a gente tem que suportar muita coisa. Magina a neta da Mercedes metida com quenga”, dispara. “O senhor não sabe? A Cleo tá fazendo a vida”, diz o balconista. “O quê? Eu te dou uns tabefes, te arrebento”, reage. “Toda cidade já sabe. Pensei que cês sabiam também. A vó dela não é adivinha?”, diz o rapaz. “A vida…a Cleo tá na vida”, se desespera o caminhoneiro. Ele sai do mercadinho e fica divagando. “Na vida. É por isso que ela dorme de dia. Mercedes vai morrer de tristeza, nem tenho coragem de falar pra ela… Mas a Mercedes pode nem acreditar em mim. Tenho que confirmar essa história e armar uma arapuca”, planeja Josafá.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio