O Outro Lado do Paraíso: Bruno defende Raquel na frente de Nádia e é repreendido

Publicado há 3 anos
Por Gabriel Vaquer
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Nos próximos capítulos de O Outro Lado do Paraíso, Bruno (Caio Paduan) vai começar a defender de verdade a empregada Raquel (Erika Januza) do preconceito de sua mãe, a socialite Nádia (Eliane Giardini).

Os dois já começaram a se envolver e no capítulo previsto para ir ao ar no próximo sábado (4), a fofoca do namoro entre um rico playboy da sociedade tocantinense e uma empregada já estará correndo pela cidade.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Veja mais: Natanael forjará morte de Elizabeth após “assassinato” de Renan em O Outro Lado do Paraíso

Um exemplo disso é que Lorena (Sandra Corveloni) irá contar para o seu marido, Vinícius (Flávio Tolezani), que Bruno e Raquel estão juntos. Ao falar, Vinícius se surpreende, e Lorena soltará uma fala racista.

“Eu, pessoalmente, nunca fui racista. Só não gostaria que a minha filha casasse com um preto. Não é racismo. Só acho que não orna”, dirá Lorena. “A vida dela vai ser mais fácil se casar com um branco. Tem muito racismo por aí. Mulher que casa com negro também sofre o preconceito”, responde Vinícius.

Ela pergunta para o marido se deve contar a Nádia do que ocorre, mas ele diz que é melhor não fazer fofoca. Na cena seguinte, Bruno, ainda mantendo o segredo, defende Raquel do racismo de Nádia.

Ela irá trazer um café da manhã para filho na cama, depois dele chegar tarde e ter passado a noite com Raquel. “Trouxe um café da manhã para você. Perdeu a hora, tive que tirar a mesa, praquela inútil limpar a sala”, diz Nádia.

“Mãe, não chama a Raquel de inútil. Ela dá duro na casa”, diz o playboy. Surpresa, Nádia repreende o filho: “Algum motivo pra defender a empregada? Você, que nunca se interessou por essas coisas?”.

Bruno nega, e diz que a mãe fala de um jeito que assusta. “Bruno você nunca levantou um dedo pra ajudar na limpeza da casa. Não dê palpite. Eu sei avaliar o serviço de uma empregada. E digo, essa Raquel é das péssimas”, brada a socialite.

Ao fim da cena, Nádia pergunta com quem o filho saiu – e lógico, ele ainda não vai contar que é com a empregada. Bruno desconversará sobre o que houve, e disse que, quando estiver pronto, falará sobre o assunto.

“Agora aumento minha curiosidade. Tomara que eu goste dela”, diz Nádia. “Quem tem que gostar sou eu”, responde Bruno, assustando a mãe. “Que jeito grosseiro de responder à sua mãe”, afirma. “Não quis ser grosseiro, mas segura a curiosidade. A namorada é minha”, finaliza a conversa Bruno.

O Outro Lado do Paraíso vai ao ar diariamente, logo após o Jornal Nacional, na Globo.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio