Novo quadro do Fofocalizando causa polêmica e Décio Piccinini manda Leo Dias calar a boca

Publicado há 3 anos
Por Guilherme Rodrigues
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Na edição desta quinta-feira (28) do Fofocalizando, o programa estreou um novo quadro chamado Doeu no Ouvido, Foi Destruído.

Durante o formato, os apresentadores ouviram alguns artistas interpretando determinadas músicas e tinham que decidir se eles seriam ‘destruídos’ ou não.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Após escutarem a canção Embaçar o Vidro, do Naldo com Simone e Simaria, os famosos reprovaram a música. “Ai, ai, ai, que dor de barriga, que caganeira meu pai. Eu gosto dos cantores, mas essa música doeu o ouvido”, disparou Mara Maravilha.

Depois, Joelma surgiu na tela interpretando Não Teve Amor e Leão Lobo afirmou que todas as canções da artista são iguais.

Leo Dias defendeu a paraense e disse que o colega era preconceituoso, pois a canção foi escrita por Marília Mendonça e que se fosse outra cantora interpretando, ele não acharia brega.

Irritado, Décio Piccinini pediu para Leo “calar a boca” para ele poder opinar. “Você me respeita e eu te respeito também. É da Marília Mendonça? Então tá explicado porque é ruim”, criticou.

Mara Maravilha avalia Valesca no Fofocalizando: “Como cantora ela é esforçada”

Outros famosos também acabaram ‘destruídos’, como Pabllo Vittar e Zezé Di Camargo e Luciano. MC Kevinho foi o único artista salvo.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio