Novo documentário da GloboNews mostra transformações em cidades pelo mundo na pandemia

Doze Estações traz histórias emocionantes e cheias de esperança

Publicado em 16/09/2021 21:09
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Quantas mudanças ocorreram na paisagem e nos moradores de grandes cidades do planeta durante os longos meses de um ano de pandemia? Foi como se cada estação do ano se multiplicasse em sensações e transformações.

Um retrato dessa passagem de tempo em Nova York, Lisboa e Londres conduz o documentário Doze Estações, produção da GloboNews que o canal exibe neste domingo (19), às 23h, em sua faixa especial de documentários. O isolamento ao longo dos meses de outono e inverno, o desconfinamento na primavera e o cheiro da liberdade no verão traduzidos em histórias emocionantes e cheias de esperança.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Nova York foi uma das cidades mais afetadas pela pandemia. Correspondente nos Estados Unidos desde 2016, a jornalista Carolina Cimenti acompanhou as mudanças pelo olhar de um imigrante que ganha a vida trabalhando em um food truck; de uma violinista da Broadway, afetada pelo encerramento das atividades; e de um corretor de imóveis.

O metrô e os arranha-céus nova-iorquinos também são personagens. “Ninguém passa por esta pandemia e sai do outro lado igual. Um dia, vendo a cidade deserta e fechada, pensei que era importante e necessário registrar essa grande metrópole ao longo desse processo. Nova York se reinventa o tempo todo. E dessa vez não está sendo diferente”, afirma.

Pedro Vedova foi o responsável por registrar como a população de Londres encarou a pandemia. O correspondente acompanhou durante meses a rotina de um músico que sofreu com o fechamento de casas de show; uma jardineira, que ficou sem trabalhar; e um torcedor fanático de futebol, longe de sua maior paixão.

“Todos repensamos a vida durante a pandemia. Alguns escolheram mudar hábitos, outros esperaram ansiosos pelo recomeço, e muitos deram mais valor àquilo que perderam“, observa o correspondente.

Em Lisboa, o documentário Doze Estações acompanha, com o repórter Leonardo Monteiro, o dia a dia de um confeiteiro que viu a vida perder o sabor; um condutor de bonde que ficou sem passageiros e de uma brasileira que levava turistas para conhecer a capital portuguesa em um tuk-tuk.

“As estações do ano marcaram bem cada fase da pandemia, mas a gente só descobriu isso gravando. Foi angustiante passar um inverno todo confinado, sem saber o que viria pela frente. Com a chegada da primavera, sentimos, aos poucos, o virar de uma página que ninguém mais queria viver. E o verão nos brindou com a possibilidade de uma vida perto do normal”, explica Leonardo Monteiro.

Desde 2014, a GloboNews já produziu mais de 70 documentários com a Globo Filmes, com o Canal Brasil e, mais recentemente, com o Globoplay. Títulos que mereceram indicações em vários festivais nacionais e internacionais e a prêmios como o Emmy Internacional (com o documentário Torre de David em 2015, com Síria em Fuga em 2016 e com Aliados em 2020).

A lista inclui ainda renomadas produções como: Cidades Fantasmas, Libelu – Abaixo a Ditadura e Cine Marrocos – também vencedoras do Festival É Tudo Verdade –, e Marinheiro das Montanhas, único filme brasileiro selecionado para o Festival de Cannes de 2021.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Em Alta

Carregando...

Erro ao carregar conteúdo.

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio