Clássicos

Novelas que entram em maio no Globoplay acabaram de sair do ar no Viva; saiba quais

As duas histórias tiveram suas reprises encerradas há poucos dias pelo canal pago

Publicado em 27/04/2021

Exibida originalmente entre novembro de 1987 e junho de 1988, Sassaricando, de Silvio de Abreu, teve o último de seus 185 capítulos exibido no Viva no último dia 10 de abril. Pouco depois, no dia 16, foi a vez de Mulheres Apaixonadas, de Manoel Carlos, produção de 2003.

Esses são os dois títulos que o Globoplay lança em maio, como seguimento de seu projeto de resgate de novelas clássicas. As últimas novelas que entraram na plataforma foram Roda de Fogo (1986), nesta segunda-feira (26), Cabocla (2004), no dia 12, e Mulheres de Areia (1993), em 29 de março. Os lançamentos ocorrem a cada duas semanas.

Mulheres Apaixonadas trouxe a mulher e o amor como temáticas centrais. Mais uma vez a protagonista da história se chama Helena (Christiane Torloni). Diretora de uma escola, casada com o músico Téo (Tony Ramos), ela jamais deixou de amar o médico César (José Mayer). Os dramas de Heloísa (Giulia Gam), Raquel (Helena Ranaldi), Estela (Lavínia Vlasak) e Fernanda (Vanessa Gerbelli) também têm força. A novela chega ao Globoplay no dia 10 de maio.

Sassaricando tem como personagem principal Aparício Varela (Paulo Autran), que 34 anos antes abandonou um grande amor para realizar o sonho de ser milionário. Ele se casou com Teodora Abdala (Jandira Martini), herdeira da Tecelagem Adbala que sempre o oprimiu.

Após a morte dela, Aparício assume a presidência da empresa e o comando da mansão, onde mora com a filha Fedora (Cristina Pereira). A partir do dia 24 de maio a produção deve ser disponibilizada. Carlos Zara, Lolita Rodrigues, Cláudia Raia, Marcos Frota, Angelina Muniz, Diogo Vilela, Laerte Morrone, Maria Alice Vergueiro e Ileana Kwasinski estão no elenco.

Ele resolve então reconquistar a antiga paixão, a estilista Rebeca Rocha (Tônia Carrero). Após investidas não bem-sucedidas, Aparício passa a viver uma vida de ‘saçaricos’. “E com dois S, que é muito mais divertido”, como ele mesmo explica a Camila (Maitê Proença), justificando a grafia ortograficamente errada do título da novela.

A saber, em 2021 minisséries passaram a constar do resgate de clássicos. Riacho Doce (1990) e Os Maias (2001) foram as primeiras, uma em janeiro, outra em março. Estão previstas para 2021 as inclusões de temporadas de Malhação, como as de 2000 e 2004.