Nova versão de Betty, a Feia estreia hoje nos Estados Unidos

Publicado há 2 anos
Por Felipe Brandão
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Sai ano, entra ano, mas parece que o mundo não se cansa de conferir – e reconferir – a história da secretária brilhante, porém feiosa, que se apaixona pelo patrão-galã. Prova disso é a estreia na noite desta quarta (6) de Betty en Nueva York (Betty em Nova York), mais uma versão da história de superação que conquistou fãs no mundo todo.

Esta nova roupagem da saga será exibida nos Estados Unidos pela Telemundo, canal hispânico voltado para o público latino que reside na Terra do Tio Sam. Trata-se de uma adaptação direta de Betty, a Feia (1999), obra original do colombiano Fernando Gaitán que, inclusive, entrou para o Guiness Book como a novela mais adaptada de todos os tempos.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Leia mais: Morre Fernando Gaitán, autor de Betty, a Feia e Café com Aroma de Mulher

Desta vez, caberá à atriz e apresentadora mexicana Elyfer Torres o papel da genial e divertida Betty. Dona de um currículo invejável como comunista, ela é preterida em entrevistas de emprego por conta de sua aparência pouco agraciada. Por isso, acaba tendo de se contentar com uma vaga de secretária na prestigiada companhia de moda V&M Fashion.

Lá, Betty poderá não apenas mostrar todo o seu potencial escondido, como também cairá de amores por Armando Mendoza (Erick Elías), presidente da empresa e seu chefe. Percebendo a paixão de Betty, Armando decidirá seduzi-la, a fim de usar as habilidades da moça a seu favor. Mas acabará, ele também, caindo de amores pela feia.

‘Feias’ para todos os gostos

A versão original de Betty, a Feia chegou a ser exibida no Brasil pela RedeTV!, em 2002, com reprise em 2006. Neste mesmo ano, o SBT transmitiu o remake mexicano da história, A Feia Mais Bela, também com sucesso. Enquanto isso, a série norte-americana inspirada no folhetim colombiano, Ugly Betty, era sucesso na TV paga.

Por fim, em 2009, chegou a vez de a Record produzir sua adaptação tupiniquim da história, Bela, a Feia, atualmente em reprise.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio