Nova versão de A Usurpadora será exibida pelo SBT

Sandra Echeverría vive as gêmeas Paola e Paulina no remake de 2019

Publicado em 30/8/2021
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A marca A Usurpadora não vai deixar o SBT tão cedo. Com a versão clássica da novela engatilhada para se unir ao catálogo do Globoplay, a emissora de Silvio Santos se prepara para exibir o remake moderno da história, produzido pela Televisa em 2019 como parte do projeto Fábrica de Sueños.

Em contato com o Observatório da TV, o SBT confirmou que a obra já se encontra em fase de dublagem pelos estúdios da Rio Sound para transmissão pelo canal – mas ainda não possui previsão de estreia. “Só estamos adiantando as dublagens. O SBT tem os direitos na TV sobre tudo que a Televisa produz“, explicou a assessoria da casa.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A trama, de apenas 25 capítulos, conta com a atriz Sandra Echeverría no papel das gêmeas Paola e Paulina, imortalizadas pela interpretação de Gabriela Spanic na novela de 1998. Ela já está disponível no Brasil por meio da Amazon Prime Video, mas somente em áudio original, legendada.

O enredo desta nova A Usurpadora tem início quando Paola Miranda, a primeira dama do México, descobre ter uma irmã gêmea perdida na Colômbia: a assistente social Paulina Doria.

Querendo abandonar o marido, o presidente Carlos Bernal (Andrés Palacios), para fugir com seu amante Gonzalo (Juan Martín Jáuregui), Paola sequestra Paulina e a obriga a se passar por ela na casa de seu marido. O objetivo da vilã é matar Paulina para forjar a própria morte, mas o plano dá errado e a situação começa a sair de controle.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Em Alta

Carregando...

Erro ao carregar conteúdo.

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio