No Mulheres, Regina Volpato apoia jornalista que acusou Datena de assédio

Publicado há 2 anos
Por Felipe Brandão
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Não se fala em outra coisa na mídia nacional senão na acusação de assédio sexual movida pela jornalista Bruna Drews contra o apresentador José Luiz Datena, com quem ela trabalhou no programa policial Brasil Urgente, da Band. O assunto foi pauta de diversos programas de TV na tarde de hoje (sexta-feira, 18) – entre eles, o Mulheres, da Gazeta.

Ao abordar o caso de Bruna no vespertino, a apresentadora Regina Volpato fez questão de se solidarizar com a jovem. “Não conheço a Bruna pessoalmente, mas para uma mulher que chegou aonde ela chegou abrir mão da profissão, ela deve ter sofrido, se angustiado. Não deve ter sido um processo fácil para ela”, considerou.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Leia mais: Jornalista que acusa Datena de assédio sexual diz ao Fofocalizando: “Alguém precisa parar esse homem”

Regina também fez um apelo para que Bruna repense a decisão de abandonar a carreira, conforme ela sinalizou em entrevista ao Fofocalizando, do SBT. “Bruna, a sua carreira é sua, e há muitas maneiras de a gente ser jornalista. Você talvez não queira continuar exercendo a sua profissão como você vem exercendo, mas existem outras maneiras, outras plataformas…”, ponderou a âncora.

“Nós, mulheres, precisamos ocupar postos-chave. Se você chegou aonde chegou, foi por mérito, por talento. Dê tempo ao tempo, não precisa resolver isso agora, mas repense. Esse patrimônio [profissional] é seu, e todas nós, mulheres, nos orgulhamos quando estamos diante de outras mulheres bem-sucedidas, com uma carreira pautada na ética, no bom comportamento, no empenho. Então reconsidere”, finalizou Regina.

Desiludida

Em depoimento nesta mesma tarde ao programa Fofocalizando, Bruna deu detalhes dos episódios de assédio de que foi vítima e afirmou que o fato a desiludiu do trabalho como jornalista.

“Eu só quero que ele [Datena] seja punido e que a verdade seja mostrada mesmo. Alguém precisa parar esse homem e espero que eu seja essa pessoa. Já desisti da minha carreira exatamente por causa dele, por causa da Band. Estou bem instruída, não tenho mais esperança nenhuma em voltar à televisão, por isso que realmente hoje eu estou abrindo o jogo”, explicou ela à atração do SBT.

Leia mais: Datena assume responsabilidade por fim de programa: “Incompetência”

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregar mais