No Limite: Alimentação diferenciada será um dos problemas principais

Familiares revelam que alguns participantes terão problemas em se alimentarem

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Para quem acompanhou outras edições de No Limite, lembra bem que alguns participantes precisaram experimentar pratos, no miminho, peculiares. O mais famoso, sem dúvidas, foi o olho de cabra, mas também miolos e insetos fizeram parte desse cardápio.

Os familiares dos participantes revelaram que alguns deles terão dificuldades em encarar comidas bizarras e também a falta de qualquer alimento. Gui Napolitano é um desses: “Bastante determinado, tem um bom condicionamento físico e se adapta facilmente às privações e situações adversas. Ele tem uma alimentação muito regrada, talvez ele tenha alguma dificuldade com a falta de alimentação”, revelou sua mãe.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Viegas é outro que vai passar maus bocados por isso: “É uma pessoa muito dinâmica, muito focado, gosta de desafios. Acho que vai ter algumas (dificuldades com) alimentação. Em casa, no trivial, tem coisa que ele não come”, disse Marina, mãe do participante.

Mas não são todos que terão esse problema, para Carmem, avó de Jéssica Mueller: “Ela é uma pessoa muito querida, muito amorosa, batalhadora. Espero que ela vá além porque tem garra. Defeito eu não vejo. A única coisa que acho é que ela confia demais nas pessoas”.

Mahmoud Baydoun também terá outro tipo de problemas, como diz sua irmã para o Gshow: “Bastante determinado e bastante competitivo. Uma das desvantagens é que ele é bastante explosivo e emotivo. Quando uma coisa não está no agrado dele, ele não consegue disfarçar”.

A cobertura completa de No Limite você confere no Observatório da TV e em nosso canal no Youtube

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio