No Jornal Nacional, William Bonner corrige afirmação errônea de Jair Bolsonaro

O jornalista desmentiu uma fala do presidente sobre o toque de recolher decretado em alguns estados

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Uma afirmação equivocada de Jair Bolsonaro foi corrigida por William Bonner na edição desta quinta (11) do Jornal Nacional.

Na ocasião, o jornalista esclareceu uma fala do presidente a respeito das medidas de isolamento social em meio à pandemia. “O presidente chamou de estado de sítio o toque de recolher, o que não é verdade”, disse.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Em uma videoconferência com microempresários, Bolsonaro reclamou das regras rígidas impostas por alguns governadores, em especial Ibaneis Rocha, do Distrito Federal. Segundo o presidente, a decisão do político em decretar toque de recolher das 22h às 5h só poderia ser tomada por ele.

“Até quando nós vamos resistir a isso aí? Aqui no DF, toma-se medida por decreto de estado de sítio. Só eu poderia tomar uma medida dessa e assim mesmo, ouvindo o Congresso Nacional. Na verdade, uma medida extrema dessa só o Presidente da República e o Congresso Nacional podem tomar…”, declarou o presidente.

Mas, após o vídeo, veio a correção detalhada de William Bonner.

“Na verdade, em casos de emergência de saúde pública, a Lei 13.979 concede às três esferas de governo o direito de adotar medidas restritivas, como isolamento, quarentena, restrição a locomoções, entre muitas outras. É nessa lei que o governador Ibaneis Rocha e todos os demais governadores tem se baseado para decretar, por exemplo, o toque de recolher. E não o estado de sítio, como informou, erroneamente, o presidente da República.”

A fala de Bonner repercutiu nas redes sociais e se tornou um dos assuntos mais comentados no Twitter. Muitos internautas reagiram e apoiaram o jornalista. Veja:

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio