No Fantástico, Poliana Abritta dá resposta a Robinho sobre movimento feminista: “Ainda bem que existe”

Jornalista reagiu a lamentação do craque sobre feminismo

Publicado há 2 meses
Por Cadu Safner
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O Fantástico deste domingo (19) levou ao ar uma reportagem sobre as declarações do jogador Robinho sobre a acusação de estupro coletivo a qual responde na Itália. No final da exibição, a jornalista Poliana Abritta rebateu uma fala do jogador e ganhou enorme repercussão. “Eu digo, ainda bem que existe (movimento feminista)“, expressou ela.

O comentário de Robinho que gerou tal reação, dizia: “Infelizmente, existe o movimento feminista“. O jogador e seus advogados não quiseram falar com o Fantástico, no entanto, se manifestaram por meio de nota à imprensa. Nela, o craque “reitera que não cometeu o crime do qual é acusado e que sempre que relacionou sexualmente foi de maneira consentida”.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A defesa de Robinho também afirma que “há diversas conversas interceptadas que não foram corretamente traduzidas para o idioma italiano”, o que teria ocasionado equívoco de interpretação.

Assista o momento:

Robinho agora aguarda julgamento em segunda instância na Justiça italiana. E ainda cabe um recurso em terceira instância. Só então, em caso de condenação definitiva, poderá ser iniciada uma cooperação jurídica internacional para que a pena seja cumprida no Brasil.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio