No Encontro, Orlando Caldeira conta reação inusitada que teve ao receber notícia sobre nomeação ao Melhores do Ano

Publicado há um ano
Por João Paulo Reis
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Orlando Caldeira foi um dos convidados do programa Encontro com Fátima Bernardes nesta quarta-feira (20). O ator, de 34 anos, que interpretou o personagem Catraca em Verão 90, acompanhou os debates da atração sobre o Dia da Consciência Negra e falou sobre sua indicação para o Melhores do Ano, prêmio do Domingão do Faustão.

“Quase fiz cocô nas calças quando recebi a
notícia por telefone. Vou falar, porque eu fiquei muito nervoso mesmo. Quando
desligaram o telefone, falei: ‘É trote’. Eu só acreditei quando foi ao ar no
domingo”
, disse ele.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

“Fazer o Catraca sempre foi uma alegria muito
grande porque eu via as pessoas falarem da identificação por eu ser um ator
negro, do personagem e da história”
, continuou o ator
que pediu que o público votasse nele: “Eu espero que daqui a alguns anos
sejamos 10, 15 e 20 profissionais negros indicados para esse prêmio e que a
gente ganhe esse prêmio, por isso eu peço que votem em mim”.

Ele ainda
agradeceu a Jorge Fernando, diretor de Verão
90
, que faleceu recentemente.“Foi uma honra muito grande ser dirigido pelo
Jorge. Ele sempre foi muito atencioso comigo e sempre teve muito cuidado. Foi
uma grande escola. Ser indicado em uma novela do Jorge Fernando e ser o único
homem negro a ser indicado nesse prêmio já é um prêmio. Ser indicado já é um
prêmio.

Orlando está concorrendo ao prêmio de revelação do ano contra Rafael
Queiroz, o Rael de A Dona do Pedaço,
e Kaysar Dadour, o Fauze de Órfãos da
Terra
.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregar mais