No Encontro, Alcione opina sobre personagem de Verão 90: “Quinzinho no fundo é bom”

Publicado há 2 anos
Por João Paulo Reis
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Caio Paduan está em Verão 90 como Quinzinho. Mimado, o personagem é uma espécie de playboy dos anos 1990, que sempre teve tudo o que quis. Sem limites, ele acabou provocando a morte da VJ Nicole (Bárbara França). Mas o crime acabou caindo nas costas de João (Rafael Vitti), que também estava no local, mas não viu nada do que aconteceu com a moça.

Durante o programa Encontro com Fátima Bernardes desta sexta-feira (01), o ator comentou o egoísmo de Quinzinho em não pensar no outro, apenas em si mesmo. “O mais engraçado é que ele não é da geração selfie. Ele é de 90, mas só se olha. O Quinzinho é sempre assim ‘primeiro para mim, se sobrar um pouquinho para vocês’”.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Leia também: Verão 90: Quinzinho fica espantado ao ver João fora da prisão

“Isso é legal porque é um garoto cheio de privilégios. Para ele é fácil agir assim. Teve uma vez que pensei, que ele é à vontade. Onde ele vai, ele está à vontade, porque está sempre com o boleto pago. Está tudo favorável para ele sempre”, continuou o ator.

A cantora Alcione, que também era uma das convidadas da atração, se posicionou sobre o personagem: “Tem uma coisa que eu gosto no Quinzinho. Eu vejo essa novela, e o Quinzinho no fundo é bom. Ele só é mal cercado”, opinou a artista.

Caio Paduan no Encontro com Fátima Bernardes (Reprodução)

Honrado pela artista assistir à trama, ele continou debatendo sobre o caráter de Quinzinho: “Ele teve muita permissão quando não poderia”. “No fundo ele vai se descobrir bom”, completou Alcione.

“Alcione está te dando um caminho para defender seu personagem futuramente. Quem sabe ele não aprende pelo sofrimento? Porque tem pessoas que só aprendem assim”, opinou Fátima Bernardes. “Ele cometeu um crime, e aí a falta de responsabilidade que ele tem é tanta com outro, com respeito ao outro que ele acaba matando sem querer” disse ator, e Alcione completou: “Quem não aprende pelo amor, aprende pela dor”.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregar mais