No É de Casa, Sandra Annenberg relembra trabalho como atriz

A jornalista participou do quadro Novo Normal com Patrícia Poeta

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Convidada do É de Casa deste sábado (30), a jornalista Sandra Annenberg bateu um papo descontraído com Patrícia Poeta no matinal da Globo. Ao lado da filha Elisa Paglia, ela relembrou dos tempos em que era atriz de novelas.

Fruto do relacionamento de Sandra com o repórter Ernesto Paglia, Elisa Paglia escolheu ser atriz. A apresentadora do Globo Repórter revelou que a filha passou para uma faculdade nos Estados Unidos, onde estudará para se tornar atriz de musicais.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

“Ah, é um orgulho danado! Aquela coisa de mãe coruja. Eu babo por ela no palco e, claro, né, fico superpreocupada. Porque a gente sabe o esforço que foi para chegar até ali. Então, fico torcendo para ela não esquecer o texto (risos). Eu olho essa menina no palco e falo: gente, que mulherão! Ela ainda carrega esse sorriso, que conquista todo mundo, ilumina mesmo”, revelou a jornalista.

Cena de Pacto de Sangue exibida no É de Casa (reprodução)

Foi aí que Patrícia Poeta relembrou dos tempos em que Sandra Annenberg era atriz de novelas, e exibiu cenas da jornalista como Celeste, em Pacto de Sangue (1989). Sandra se divertiu com as lembranças, e até cogitou a possibilidade de voltar a ser atriz, para poder contracenar com a filha.

Ainda na conversa, Sandra e Elisa contaram sobre como estão fazendo para driblar o calor que tem feito neste verão e sobre como estão lidando com a quarentena causada pela pandemia do novo coronavírus. Ela também falou sobre o Globo Repórter, que estreia sua nova temporada na próxima sexta-feira (5).

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio