No É de Casa, Aracy Balabanian revela que pediu para sair do Sai de Baixo

A intérprete de Cassandra contou sobre a dificuldade que teve no início do programa

Publicado em 28/8/2021
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Aracy Balabanian foi a convidada do quadro Novo Normal, apresentado por Patrícia Poeta no É de Casa deste sábado (28). A veterana relembrou seus personagens mais marcantes, recebeu homenagens de amigos e revelou que chegou a pedir ao diretor Daniel Filho para deixar o elenco do Sai de Baixo, programa no qual vivia Cassandra.

Durante a conversa com Patrícia, Aracy relembrou Dona Armênia, uma de suas personagens de maior sucesso, e que apareceu em duas novelas: Rainha da Sucata (1990) e Deus nos Acuda (1992). Depois, a apresentadora mostrou depoimentos de Marisa Orth, Juca de Oliveira e Marcello Novaes.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Marisa relembrou a primeira vez ao lado de Aracy na sua estreia em novelas em Rainha da Sucata e a parceria inesquecível em Sai de Baixo. Juca recordou que conheceu Aracy quando ainda era um aluno das artes dramáticas, e Marcello ficou feliz ao lembrar que Aracy foi a mãe dele em três novelas: Rainha da Sucata, Deus nos Acuda e Sol Nascente.

“Meus amores… Meus amores… É muito bonito ter amigos assim. Eu acho que, para o momento em que estamos vivendo, é esse amor que permanece. Apesar de todos os pesares, a saudade vai aumentando, mas o amor também vai junto, ficando do mesmo tamanho”, disse Aracy.

Mas o momento mais curioso da conversa foi quando a atriz revelou que chegou a pedir ao diretor Daniel Filho para sair do Sai de Baixo, humorístico de grande sucesso em que atuou por seis anos. “Eu pedi ao Daniel Filho, que dirigia o programa, pra sair. Eu disse a ele: ‘eu não acompanho o humor, não tô sabendo fazer, porque eu rio junto com eles, Miguel [Falabella], Tatá [Luiz Gustavo], eu ria com eles’.E o Daniel disse: ‘se você quer rir, ri’”, contou, às gargalhadas.

Aracy Balabanian também se emocionou ao relembrar das perdas sofridas durante a pandemia. “Foi muito doloroso, mas é isso que fica. Nós perdemos em uma semana só, não vou falar de todos… aliás, falo de todos em nome desses dois. À noite foi o Paulo José e, de manhã, quando eu estava falando com minhas comadres que estão em Nova York e com a minha afilhada, eu recebo a notícia da morte do Tarcísio. Nós choramos juntas… É uma coisa tão forte que foi a perda desses dois, que representam tantas perdas, de tantos brasileiros”, disse, chorando muito.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Em Alta

Carregando...

Erro ao carregar conteúdo.

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio