No dia nacional do futebol, reveja os craques das novelas e séries brasileiras

Publicado há 3 anos
Por João Paulo Reis
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Nesta quarta-feira (19), é comemorado o Dia Nacional do Futebol. A data foi escolhida pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF) em 1976 como forma de homenagear o time brasileiro mais antigo o Sport Club Rio Grande, fundado em 19 de Julho de 1900. Na televisão tivemos diversas novelas e séries que tiveram o futebol inseridos em sua essência. Relembre alguns craques das tramas:

Leia também: Terminando mais uma temporada, Mister Brau mostra constante evolução

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Deborah Secco e Rodrigo Faro em Suave Veneno (Reprodução)

Suave Veneno

Em Suave Veneno, novela de 1999, escrita por Aguinaldo Silva, Marina (Deborah Secco) era uma jovem que queria a qualquer custo conseguir um marido rico. Paixão do jogador de futebol de várzea Renildo (Rodrigo Faro), ela o dispensou porque ele era pobre e filho do porteiro de seu prédio, até que o rapaz consegue dar uma guinada na vida ao ser contratado como jogador titular do Flamengo. Durante a trama, Renildo descobriu uma doença degenerativa que o impediria de jogar. Várias das cenas gravadas na novela, foram feitas em dias de jogos do time carioca antes do início das partidas.

Eduardo Moscóvis e Luisa Arraes em Louco Por Elas (Gabriel Rangel/ AgNews)

Louco Por Elas

Na série Louco Por Elas, Leo (Eduardo Moscóvis) era treinador de um time de futebol feminino formado por adolescentes. A enteada Bárbara (Luisa Arraes) fazia parte do time, levando ao padrasto diversos questionamento, ele por sua vez, sempre rodeado de mulheres, tentava aconselhar a garota usando argumentos futebolísticos.

Marcello Melo Jr em Malhação (Divulgação/ TV Globo)

Malhação

Em Malhção 2010, Maicon (Marcello Melo Jr) era um goleiro que jogava num famoso time da cidade. O rapaz que dedicou sua vida ao futebol, não tinha nenhuma aspiração acadêmica, e de família humilde, pensava em abandonar os estudos para se dedicar à vida profissional. No início da história, ele fraturou os ossos da mão, e viu seu sonho de se tornar um goleiro titular ir pelos ares.

Lucélia Santos, Jonas Torres e Mario Gomes em Vereda Tropical (Divulgação/ TV Globo)

Vereda Tropical

Em Vereda Tropical, novela exibida em 1984, Luca (Mario Gomes) era um divertido centroavante, que pela sua simpatia e generosidade conquistou os moradores de Vila dos Prazeres, onde morava com a mãe. Devido ao gênio forte, o rapaz não conseguia se firmar em um grande clube de futebol, dificultando seu sonho de ascender profissionalmente na carreira esportiva. A relação de amizade entre o jogador e o pequeno Zeca (Jonas Torres), um dos protagonistas da trama, agradou o público que passou a torcer cada vez mais pelo personagem.

Logo da novela O Campeão, da Band (Reprodução)

O Campeão

A novela O Campeão, escrita por Ricardo Linhares e exibida na Band em 1996 tinha na espinha dorsal de seu enredo, um time de futebol: O Pindorama, onde eram abordadas negociações, trapaças, esquemas criminosos, e a rotina de um grande clube em relação a seus jogadores e à sua imagem. Assuntos espinhosos foram tratados a partir daí, como exploração de menores, trabalho infantil e assassinatos.

Rachel Ripani em Zazá (Divulgação/ TV Globo)

Zazá

Na novela Zazá, o futebol foi abordado através da personagem Sissi (Rachel Ripani), filha caçula de Zazá (Fernanda Montenegro), e que adorava jogar futebol. Passando por cima de diversos preconceitos, a moça sonhava em ser jogadora profissional, mas era sempre driblada pelo seu temperamento intempestivo. Era apaixonada por Pedro (Roberto Bataglin), quem considerava seu anjo da guarda.

Thiago Martins, Cauã Reymond, Daniel Rocha e Bruno Gissoni em Avenida Brasil (Divulgação/ TV Globo)

Avenida Brasil

Em Avenida Brasil, o centro do enredo girava em torno de família de Tufão (Murilo Benício), ex-craque do futebol brasileiro, que apegado às suas raízes decide nunca sair do bairro onde foi criado, o Divino. Tufão construiu fortuna, conseguiu fortalecer os negócios locais, e sustentar toda a família com o dinheiro de seus negócios de sua imagem. Casado com a vilã Carminha (Adriana Esteves), ele é a principal influência do Divino Futebol Clube, time de bairro onde jogavam Ivan (Bruno Gissoni), Leandro (Thiago Martins), e Roni (Daniel Rocha). Devido a seu talento, Leandro conseguiu ser contratado por um grande time da primeira divisão, mas sua estrutura emocional foi abalada pelos problemas constantes em seu casamento com Suelen (Isis Valverde).

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio