No Conversa com Bial, técnica de futebol feminino revela que foi demitida por ser mulher

Publicado há um ano
Por Felipe Brandão
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Em alta por conta da Copa do Mundo Feminina da Fifa, o futebol feminino foi o tema de hoje (quinta-feira, 13) do programa Conversa com Bial. O apresentador Pedro Bial recebeu, para tratar do assunto, a ex-jogadora Fanta, a treinadora Emily Lima e a comentarista e ex-jogadora Milene Domingues.

A presença de Emily foi uma das mais representativas. Primeira técnica mulher da seleção feminina, ela foi a que menos durou no posto do time. Acontecimento que, segundo a moça, não foi casual. Para Emily, o simples fato de ser melhor influenciou diretamente em sua demissão.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

“Hoje eu posso dizer que sim. Antes eu não queria acreditar na minha demissão”, confessou ela, acrescentando que os preconceitos existentes no mercado brasileiro tem-na feito considerar a hipótese de deixar o país. “Preciso ir para onde as pessoas me deixam trabalhar”, desabafou.

Participante da primeira Copa do Mundo feminina, em 1988, na China, Fanta revelou que ela e as colegas não podiam dar entrevistas. “Podia até arriscar falar, mas se fizesse isso você já não estaria na próxima convocação”, desvelou a ex-atleta, hoje com 52 anos.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregar mais