No Conexão Repórter, Diego Hypólito revela que sofreu abusos psicológicos no início da carreira

Publicado há 2 anos
Por Greicehelen Santana
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Conexão Repórter desta segunda-feira (13), traz
um ídolo nacional em um momento de verdade. Em uma entrevista franca, o
medalhista olímpico Diego Hypólito revela a Roberto
Cabrini
 ter sofrido abusos psicológicos no início de sua carreira. O
programa começa às 23h45, no SBT.

Na semana em que assumiu
publicamente sua homossexualidade, o ginasta traz uma conversa reveladora de
quem, ainda muito jovem, conheceu a glória e o fracasso. Bicampeão mundial de solo e
medalha de prata nas Olimpíadas, Diego chegou aos 32 anos e decidiu marcar
posição na luta contra o preconceito em um país ainda envolto pela homofobia.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Ele fala sobre a formação
religiosa, pressões familiares, o medo de decepcionar fãs, receio de perder
patrocinadores e de sofrer represálias no meio esportivo.

O atleta ainda recorda uma vida
de provações e a infância de dificuldades e incertezas. Além da descoberta de
sua sexualidade, as primeiras experiências homossexuais, os namoros, as
pressões e a guerra interna. Cabrini conversa ainda com Geni, mãe do atleta, que fala sobre o assunto ao lado do filho.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio