Mais do que você gosta.
Assine o Star+
Publicidade
Não foi possível carregar anúncio
Publicidade
Não foi possível carregar anúncio

No Conexão Repórter, Alexandre Frota fala sobre o rótulo de “soldado de Bolsonaro”

Publicado em 26/11/2018
Publicidade
Não foi possível carregar anúncio

No Conexão Repórter desta segunda-feira, 26 de novembro, Roberto Cabrini entrevista com exclusividade o deputado eleito pelo PSL Alexandre Frota. Em sua primeira entrevista no cargo, ele responde às mais duras questões.

O programa vai até Brasília para encontrar o homem de múltiplas faces. Ator, astro pornô, ídolo da comunidade LGBT, modelo, comediante e até jogador de futebol americano. Ele, que contou com mais de 155 mil votos e, agora, troca o antigo figurino pelo terno e a gravata.

Continua depois da publicidade
Não foi possível carregar anúncio

Leia também: Bilheteria EUA | WiFi Ralph quebra a concorrência no feriado de Ação de Graças

Alexandre Frota no Conexão Repórter (Divulgação/ SBT)

Frota contesta os rótulos de homofóbico, racista e misógino, afirmando não se encaixarem a ele. Cabrini também pergunta a respeito de polêmicas como a relação com o filho legítimo, problemas com a polícia – a quem acusa de extorsão – e com a classe artística, que o acusa de traidor.

Ele diz não se envergonhar de seu passado, mas afirma mirar um novo futuro, considerando-se um político conservador, homem de direita e ‘soldado de Bolsonaro’. Garante que vai continuar falando o que vier à mente, com os custos e dividendos de seu estilo.

Explorando o mundo das drogas, Conexão Repórter vence três atrações globais

Na segunda-feira (19), o Conexão Repórter venceu três programas da Globo no ranking das audiências: Jornal da Globo, Conversa com Bial e Empire – Fama e Poder. O bom desempenho da atração de Roberto Cabrini deu a liderança ao SBT.

Na média geral, da 00h00 à 01h07, o Conexão Repórter marcou 9,9 pontos de média. O share registrou 23,4% e o pico 11,4 pontos. Simultaneamente, a Globo perdeu com a exibição do jornalístico, do talk show e da série.

Inclusive, no confronto direto com o Conversa com Bial, o programa de Cabrini venceu com 48% de vantagem. Entre 00h17 à 00h59, ele garantiu 10,5 pontos de média contra 7,1 do concorrente.

Na edição de segunda-feira, o Conexão Repórter exibiu uma longa investigação sobre o universo das drogas. Mostrando um roteiro de impunidade que marca a entrada dos entorpecentes no Brasil.

Publicidade
Não foi possível carregar anúncio

Deixe o seu comentário

Em Alta

Carregando...

Erro ao carregar conteúdo.

Publicidade
Não foi possível carregar anúncio
Publicidade
Posting....