No ar em Verdades Secretas, Camila Queiroz quer Casamento às Cegas Brasil com casais homossexuais

Ela comanda o reality ao lado de Klebber Toledo

Publicado em 22/09/2021 16:19
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

No próximo dia 6 de outubro, chega à Netflix o reality show Casamento às Cegas Brasil, versão brasileira do norte-americano Love is Blind, que será comandado por Camila Queiroz e Klebber Toledo.

Na atração, homens e mulheres vão a encontro às cegas e decidem casar antes mesmo de se verem. Após essa etapa, eles se encontram, curtem a lua de mel e vão viver viver a vida real por um mês antes de selar o compromisso.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Se eu pudesse conhecer uma pessoa sem nada interferir, teria curiosidade de ir sim. Você não precisa estar com sua melhor roupa, seu melhor cabelo. Pode provar se você pode amar a pessoa pelo que ela é, seu jeito, como ela fala”, opinou Klebber Toledo, em entrevista ao Splash.

Para Camila, o público precisará estar preparado para muitas surpresas. “Acima de coragem, você tem que ter disponibilidade. Disponibilidade de dar a cara a tapa, abrir o peito, receber o amor que a pessoa pode dar. Ali no experimento, eles já pularam aquela etapa chata de dizer que sonha em casar, já que todos estão com aquela finalidade. É sedutor”, disse.

No ar nas reprises de Verdades Secretas e Pega Pega, Camila também falou sobre os casais diferentes que se formam. “Acho que o público vai sentir muito do que sentimos. Não existe um roteiro para esses participantes, eles vivem intensamente. Até a fase da lua de mel, eles estavam isolados, sem celular, sem contato com o mundo externo. Muita coisa se transforma a partir da vida real. Isso altera a relação”, acredita a apresentadora.

O elenco escolhido para a primeira temporada é formado por participantes negros, de corpos diferentes, outros mais velhos. Os apresentadores chegaram a sugerir para a Netflix e à Endemol, produtora da atração, uma nova temporada com casais homoafetivos. “Amor não tem forma estética. Somos tão diferentes, de tantas culturas, especialmente dentro do Brasil. Já apresentamos uma proposta com casais homossexuais, estamos planejando. Aí sim falaremos de amor de verdade”, antecipou.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Em Alta

Carregando...

Erro ao carregar conteúdo.

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio